Enquanto ela fizer canção

A- A A+

Comemorando vinte anos de carreira, Carmem Queiroz, paranaense radicada em São Paulo, lança seu quarto disco, no qual presta homenagem a algumas das mais importantes vozes femininas da história da música popular brasileira, que influenciaram sua vida e carreira. Com uma agenda cheia e anos de experiência em bares noturnos paulistanos, é ainda relativamente pouco conhecida do grande público, assim como muitos outros bons companheiros.

http://www.anovademocracia.com.br/78/11-a.jpg

— Sou a mais nova de seis irmãs e um irmão, em uma família onde a música imperava. Minha mãe cantava e tocava seu bandolim. Meu pai gostava de dançar e comprar instrumentos musicais para nós. Queria sempre nos ver em rodas de músicas e levava os amigos para tocar lá em casa. Todas as minhas irmãs cantavam e se apresentavam em festas e outros eventos, contudo, nunca pensei que seria cantora, por ser muito tímida. Acabei me formando professora, mas chegou um momento em que a música falou mais alto — conta Carmem.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira