A liberdade do ler e escrever

Enxergando a produção artística e literária como uma ferramenta de construção de consciência e forte arma contra a opressão, a associação Guatá foi formada, há seis anos, por inquietos jornalistas e artistas populares, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Resgatar a memória e identidade da cidade, promover o hábito e o gosto pela leitura, e proporcionar um espaço para o povo se expressar é a luta da Guatá, que conta com projetos e uma revista para viabilizar seus projetos.

http://www.anovademocracia.com.br/79/11-a.jpg

— Guatá, em guarani, quer dizer caminhar. No nosso caso, a palavra caminhar tem um significado mais filosófico de experimentar a vida, ser dono dos seus próprios passos, de suas próprias pernas. É uma homenagem aos índios que ainda existem na nossa região. Há anos, aqui foi um território guarani e, apesar de toda a opressão que sofreu desde a chegada dos colonizadores europeus, alguns ainda sobrevivem — fala o jornalista Sílvio Campana, uma das pessoas envolvidas no projeto.

— Já tínhamos um trabalho anterior de resgate da memória e identidade da cidade, que é um lugar muito peculiar, e resolvemos formalizar isso para ter um pouco mais de estrutura, surgindo o Guatá. Assim fazemos exposições que vão desde sarais de poesia, até exposições de fotos que retratam um pouco a diversidade e a nossa história esquecida, por conta de um capitalismo que busca o imediato — constata.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro