Argentinos lutam pela moradia

A- A A+

Em agosto, milhares de argentinos foram às ruas para reclamar por moradia digna. Os protestos e ocupações de terrenos começaram a multiplicar-se após a violenta repressão comandada pela polícia e pelo Engenho Ledesma, no norte do país, que deixou quatro mortos e trouxe à tona o grave problema habitacional vivido pelo povo.

No dia 28 de julho, cerca de 500 famílias ocuparam uma área de 40 hectares na localidade conhecida como Libertador General San Martín ou Engenho Ledesma, em Jujuy, extremo norte da Argentina. Elas reivindicavam há anos que o engenho cedesse áreas para a construção de moradias populares.

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza