Teresina - PI: Rebelião estudantil contra aumento das passagens

A- A A+

http://www.anovademocracia.com.br/81/02c.jpg

No dia 29 de agosto os estudantes de Teresina, Piauí, tomaram as ruas em protesto contra o aumento da tarifa dos ônibus de R$ 1,90 para R$ 2,10.

Os manifestantes decidiram ocupar a sede do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (patronal) e deram início a um movimento de pula-catraca nos ônibus.

A tropa de choque da PM foi enviada pela prefeitura contra o protesto e desatou violenta repressão contra os manifestantes, atirando bombas de efeito moral, spray de pimenta e disparos de balas de borracha. Um estudante chegou a desmaiar sob o efeito do gás de pimenta e outro foi atingido por um disparo da PM. Seis estudantes foram presos e vários outros ficaram feridos por agressões policiais.

A juventude de Teresina resistiu com combatividade e vários ônibus tiveram as vidraças destruídas e pneus furados. Centenas de manifestantes se dirigiram à Central de Flagrantes para exigir a libertação dos companheiros presos.

No dia seguinte os estudantes voltaram a tomar as ruas do Centro da cidade em novo e vigoroso protesto. Vários ônibus foram pichados com palavras de ordem em defesa do passe livre, contra o aumento da passagem e de denúncia contra o prefeito Elmano Férrer (PTB).

No dia 1º de setembro, após receberem a resposta de que a prefeitura não recuaria no aumento das passagens, os estudantes piauienses desencadearam novo protesto, que interrompeu o trânsito em todo o Centro da cidade. Vários ônibus tiveram suas vidraças quebradas e um ônibus foi incendiado na Avenida João XXIII próximo ao cruzamento com a avenida Nossa Senhora de Fátima, obrigando a Superintendência de Transportes de Trânsito de Teresina a suspender a circulação das linhas de ônibus.

Em 2 de setembro, quinto dia de protestos, o gerenciamento municipal decidiu suspender por 30 dias o aumento das tarifas. Os manifestantes declararam que irão manter as mobilizações e retomar as manifestações em caso de aumento.


Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja