Não param os cortes de direitos na Europa em crise

As administrações dos Estados capitalistas "avançados" e das semicolônias estão levando a cabo uma enorme ofensiva de dilapidação dos direitos e garantias historicamente conquistados pelas classes trabalhadoras. É o caráter parasitário dos monopólios sendo levado às últimas consequências, proporcionais ao tamanho da crise estrutural do capitalismo.

Na Grécia em franca rebelião contra o arrocho ao povo do país requisitado pelo FMI, pela Alemanha e pela França, os salários dos funcionários públicos estão sendo ceifados em até 70% do que era pago em 2009. O desemprego já atinge 40% dos jovens. Os artífices das políticas antipovo querem despedir nada menos do que 30 mil servidores até 2013, um crime que será perpetrado não só contra quem vai ficar sem trabalho e salário, mas a toda a população, uma vez que as demissões comprometerão o que resta dos serviços públicos a que o povo tem direito.

Um desses serviços públicos é a saúde. Na Grécia, era. Os "ajustes" acertados entre a gerência "socialista" de Georges Papandreou e os interventores a quem presta contas preveem um corte de 40% nos recursos destinados aos hospitais públicos do país, que já estão longe de serem modelos de atendimento à população.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin