Espanha: direita vence farsa eleitoral com 30% de abstenções

A- A A+

Eleições na Espanha. Cartaz afirma: "Não nos representam"

Aconteceu em novembro mais uma farsa eleitoral na Espanha, desta vez com a especificidade de que os partidos eleitoreiros disputaram o direito de gerenciar o Estado espanhol afundado na "crise da dívida" e com o povo padecendo no desemprego.

Ganhou o "conservador" (eufemismo para fascista) Partido Popular (PP), cujo líder, Mariano Rajoy, será o novo primeiro-ministro do país. O PP vai gerenciar a Espanha em crise com maioria absoluta no parlamento graças à grande derrota que impôs aos "socialistas" do PSOE, que vinham governando o país, em uma farsa eleitoral à qual o povo respondeu com retumbantes 30% de abstenção.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja