SOPA e PIPA: "o direito de ficar calado"

A- A A+

Se é verdade que a internet é dominada e controlada pelo imperialismo, também é verdade que esse domínio e controle são relativos. Com o crescimento da internet vai ficando cada vez mais difícil para o imperialismo impedir a circulação de ideias e conteúdos em geral. Há cem anos a nascente indústria fonográfica era "ardorosa defensora da livre reprodução de conteúdos" (veja AND 48) e falava que a propriedade intelectual era uma falácia. Hoje, ela e suas filhas, as indústrias cinematográficas e de jogos eletrônicos são as maiores defensoras dos direitos autorais, não para defender os autores, mas para explorá-los ainda mais.

Se aferram ao passado como podem, sentem saudades do gramofone e dos discos de vinil, quando reinava absoluta e era praticamente impossível a cópia não autorizada de discos e muito menos de filmes. Com o advento das fitas K7 isso começou a mudar e a indústria a espernear. Já era possível pedir o vinil emprestado e copiá-lo, da mesma forma que era possível duplicar a fita de vídeo.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja