Homenagem ao A Nova Democracia

Repente escrito por um camponês membro da Liga dos Camponeses Pobres, entregue à redação de AND. Nossa redação fez apenas pequenas correções ortográficas para a sua publicação:


I
Quero dar meus parabéns
a estes grandes escritores
que divulgam com carinho,
compromisso e com amor
o que acontece com o povo,
nas cidades campos e morros,
e com todos trabalhadores.

II
Essa imprensa verdadeira
divulga a nível nacional
o que acontece com o povo
no momento atual
em todo torrão brasileiro
e também no estrangeiro,
Isto é que é um grande jornal

III
Foi através deste jornal
que fiquei sendo conhecedor
da realidade brasileira
que ao ler ele me informou
com o seu conhecimento
ele hoje é um instrumento,
um jornal de grande valor

IV
Os escândalos vergonhosos
que vivemos a assistir
nos “tira” o tapa da cara
e nos explica tim-tim por tim-tim
desmascarando a gloriosa
a grande e a tal poderosa
a dona do “plim-plim”

V
Este jornal também nos traz
um grande conhecimento
das tribulações do povo
e todo o seu sofrimento
Nos deixa bem esclarecidos
do que tem acontecido
com o povo em movimento

VI
Fala das grandes lutas
que a “plim-plim” nunca falou
das lutas dos indianos
ele também nos informou
e coisas que eu não sabia
das lutas do dia-a-dia
e do povo trabalhador

VII
Nos explica com carinho
e com muita gentileza
por isso, ó meu jornal,
tu és nossa fortaleza
Tu nos entusiasmou
quando também divulgou
a revolução chinesa

VIII
62 anos se passaram
juro que eu não sabia
desta luta gloriosa
que toda imprensa escondia
hoje tá em nossas escolas
nunca nos explicaria

IX
Tu divulga com detalhes
e muito contentamento
nos dá sabor na leitura
tendo seu esclarecimento
que é verdade nua e crua
que a luta continua
na China a todo momento

X
Também as imagens inesquecíveis,
tu tem mostrado
pra nós dos nossos grandes camaradas
nossos antigos herois
Juro até que chorei,
minhas lágrimas derramei
quando vi o nosso Grabóis

XI
Também vi Luiza Garlippe,
Orlando Momente, Daniel
Alexandre Lemos e Lamarca
que tiveram grande papel
Enfrentaram a luta pura,
e pra pocilga da ditadura
não tiraram o seu chapéu

XII
Vi a história de Rondônia
da fazenda Santa Elina
onde a grande Vanessa
nossa saudosa menina
foi morta covardemente
com a bala amargamente
da policia assassina

XIII
A luta iraquiana
em uma coluna eu li
Li a do povo afegão
da Líbia e do Haiti
E o que se passa lá fora
e a verdadeira História
contigo eu aprendi

XIV
Dos golpes e dos escândalos
nós ficamos informados
pois nas tuas honestas colunas
nós temos sempre estudado
e quando em ti jornal, nós lemos,
em seguida compreendemos
como nós somos lesados

XV
Tu és a verdadeira imprensa
que em nosso meio apareceu
contando toda a verdade
para todo povo seu
com muita educação,
ensinando a lição
a quem nunca aprendeu

XVI
Tu conta pra todo mundo
a toda a população
tu transformas as notícias
em uma boa formação
Por isso venho garantir
que tu nunca vai sair
da nossa circulação

XVII
Viva a imprensa popular
circulando no dia-a-dia
dentro do campo e da cidade
com a voz de grande valia
viva esse instrumento legal,
nesse momento atual
e viva o grande jornal
A NOVA DEMOCRACIA

Conteúdo exclusivo para assinantes do jornal A Nova Democracia

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin