Judiciário pavimenta caminho para bloco da farsa eleitoral

A- A A+

http://www.anovademocracia.com.br/93/04b.jpg

Avizinha-se mais uma farsa eleitoral na qual as diversas frações do partido único vão, mais uma vez, colocar o bloco na rua para disputar, no âmbito municipal, o direito de gerenciar o velho Estado brasileiro, de arranjar belos contratos para os financiadores das suas campanhas e de encabeçar a administração dos municípios brasileiros como testas de ferro das velhas e novas oligarquias locais. Sim, porque um governo popular é algo impossível de ser construído pela via da eleição burguesia.

O assim chamado "Poder Judiciário", sobretudo a "Justiça Eleitoral", participa do processo farsesco do sufrágio burguês com uma série de decisões que azeitam o jogo sujo dos partidos eleitoreiros, permitindo-lhes as condições mais próximas o possível das ideais para que da concorrência acirrada entre as frações do partido único saiam melhores pactos com os monopólios e com as classes dominantes — medida do "sucesso" de um processo sufragista no regime de exploração do homem pelo homem.

Um exemplo de como o judiciário está sempre pavimentando o caminho para um bom desfile do bloco da farsa eleitoral foi a liberação, por parte do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dos candidatos "contas sujas" para pedirem votos ao povo em outubro deste ano, anulando uma decisão do seu próprio plenário tomada há poucos meses que proibia políticos com contas eleitorais relativas às eleições de 2010 reprovadas pela Justiça de se candidatarem nas eleições municipais de 2012.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja