Revolta e greve operária em fábrica no ES

No dia 18 de outubro, 30 carretas aguardavam para serem carregadas no pátio da fábrica de fertilizantes Heringer, localizada em Viana – ES. Quase duas semanas depois, já eram cem carretas paradas devido a maior greve operária da história da fábrica.

http://www.anovademocracia.com.br/99/06b.jpg
Assembleia dos operários da Heringer, ocorrida em 29 de outubro

Em matéria produzida pela T&T Comunicação e publicada na página do Sindicato Nacional dos Papeleiros, o diretor doSindicato dos Trabalhadores Papeleiros e Químicos do Espírito Santo, Aloir Rodrigues, denunciou as péssimas condições de trabalho enfrentadas pelos operários da Heringer. Segundo ele, os trabalhadores que carregam a sacaria, chamados de "pegadores", fazem esforço sobre-humano. Ele explica que o maquinário 01 fabrica 300 toneladas de fertilizantes por dia, o que corresponde a seis mil sacos. Quatro trabalhadores são destacados para carregar esses sacos e encher os caminhões com capacidade para 14 toneladas cada um. "Isso significa que cada um carrega 1.500 sacos por dia. A quantidade de lesionados na coluna, ombros e braços é grande" – afirmou o dirigente sindical.

O diretor do Sinticel ainda relatou que os trabalhadores têm que descarregar na enxada as carretas graneleiras, com matéria-prima que vem do porto, como cloreto granulado, pink, ureia, sulfato de amônia, etc. Ele também explica que uma série de produtos químicos, quando misturados, geram enorme quantidade de poeira que fica suspensa no ar, provocando náuseas, tonteiras e sangramento no nariz.

A matéria ainda revela que "a empresa não paga insalubridade para os operários da produção. O Sinticel tem três ações coletivas contra a Heringer, reivindicando o pagamento de insalubridade, mas quando os peritos da justiça do trabalho vão à empresa, medir os índices de barulho e poeira, a empresa desliga as máquinas".

"Outra falha, apontada pelos empregados, é na segurança. Os acidentes não são anotados e comunicados. Hoje a empresa opera com apenas dois técnicos de segurança, que trabalham de dia e nenhum no período da noite". [fonte: sinap.org.br, artigo de T&T Comunicação – Tania Trento, publicado em 29 de outubro de 2012]

O Sinticel denunciou que, na noite do dia 17, a empresa reteve os trabalhadores do turno da noite, que deveriam sair às 7 horas do dia 18, para que eles não aderissem ao protesto.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Paula Montenegro
Taís Souza
Rodrigo Duarte Baptista
Victor Benjamin

Ilustração
Paula Montenegro