Caminhoneiros paralisam rodovia no interior do Rio

A- A A+


Caminhoneiros em Barra Mansa, RJ

Caminhoneiros cortaram parcialmente a rodovia Presidente Dutra (BR-116), no município de Barra Mansa, na região do Vale do Paraíba. A nova mobilização dos caminhoneiros exige a revogação da decisão de Luiz Fux, que impede a punição das transportadoras pagarem fretes rodoviários abaixo da tabela.

Os caminhoneiros ficaram por toda amanhã, causando dois quilômetros de congestionamento em ambos os sentidos, na altura do km 274, do km 233 e do km 92.

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), na pessoa do ministro Luiz Fux, impede que a Agência Nacional de Transportes Terrestres aplique multas nas empresas que pagarem abaixo do preço mínimo estabelecido na tabela de fretes. A tabela de preço mínimo, juntamente com a punição com multa para aquelas empresas que não o respeitarem, foi a medida aprovada pelo desmoralizado governo Temer para tentar acalmar a luta dos caminhoneiros.

A medida consistiu em um golpe no lucro d latifúndio (“agronegócio”) e das indústrias, pois isso aumentou o preço dos fretes e, portanto, diminuiu a massa total de mais-valia extraída – como consequência, estes setores aumentaram o preço de suas mercadorias repassando o prejuízo para o consumidor, uma vez que buscam sempre o lucro máximo, o que, por sua vez, fez baixar o consumo e abalou a tão propaganda e capenga “recuperação econômica”.

Luiz Fux atende, com sua medida, aos interesses do latifúndio (agronegócio) e da grande burguesia relacionada com a produção. Mas, essa medida joga os caminhoneiros novamente à beira da miséria, açoitados pelo alto preço do diesel e pelo baixo preço do frete.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza