RO: Novas ameaças contra o acampamento Boa Esperança

A- A A+
Pin It

Delson Pinto de Souza, proprietário legal da Área Boi D'Água, denunciou mais uma vez ao AND que está sendo ameaçado por agentes do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBIO). Delson vem há meses denunciando que as ameaças, inclusive de morte, ocorrem desde que deixou o acampamento camponês Boa Esperança se instalar na sua propriedade. Ele denuncia que isso incomodou os grileiros que, associados a setores do próprio ICMBIO, especulam com as terras da Floresta Nacional Bom Futuro.

A Área em questão é reconhecido pelo próprio ICMBIO desde 2009. Ele acredita que as ameaças, que não são novidade, ocorrem porque latifundiários grileiros têm interesse na área e buscam, por meio do ICMBIO, expulsar os pequenos e médios proprietários legais. Mas, Delson acredita que as ameaças intensificaram-se recentemente por conta de seu apoio aos camponeses do acampamento Boa Esperança.

Agentes do ICMBIO chegaram a invadir a casa localizada dentro do acampamento para intimidar os moradores. Essa prática dos agentes de se passar por policiais é constante na área, afirma Delson.

“Eles são os verdadeiros terroristas, ficam passando nos restaurantes, postos de gasolina, pequenos comércios e casas espalhando ameaças de morte.”, denunciou.

A campanha de terror envolve também chantagens legais, com o envio de cartas e multas ilegítimas e de procedência duvidosa contra os moradores da área. O próprio Delson recebeu no dia 3 de janeiro uma multa assinada pelo ICMBIO, apesar dos registros de sua propriedade nos arquivos do próprio órgão. Outros moradores e comerciantes também têm recebido multas arbitrárias, muitas vezes seguidas de interrogatórios e mensagens intimidadoras para serem dirigidas a Delson.

“A terra é minha, eu dou ela para quem eu quiser, e foi para o meu próprio povo”, reitera Delson, que demonstra alto nível de solidariedade para com o campesinato de Rondônia, apesar do bombardeio de ameaças da campanha de terror dos agentes do velho Estado. “Agora que eu passei minha terra para o meu povo eles tão me ameaçando. Eu não posso andar de carro que eles me seguem por dias inteiros.”, denunciou Delson.

No final do ano passado denunciamos em nosso Portal que outro apoiador da área, Dionísio Gomes de Oliveira, foi preso ilegalmente por agentes do ICMBIO, sendo obrigado a passar três dias sem dormir numa cela com água até o joelho, além de ter o carro aprendido e R$ 13 mil roubados.

Os camponeses da região acreditam que os agentes do Instituto (que, como agentes de uma portaria, não têm o papel de policiais) estão recebendo ordens de grileiros, mineradoras e latifundiários para abusar de sua autoridade e intimidar os camponeses que moram legalmente na Floresta Nacional Bom Futuro, visando expulsá-los e apoderar-se do território. O caso de Delson, que vive lá desde 1986, é um bom exemplo disso, cuja família mora na área antes de ela ser declarada Floresta Nacional. Entretanto, o exemplar camponês, apesar de tudo, afirma com coragem: “O mundo não foi criado pelo medo, e eu não carrego medo, mas eu sei que a qualquer momento uma tragédia pode ocorrer comigo”. 

Edição impressa

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja