RO: Mais de 200 camponeses invadem base da Sedam contra perseguição

A- A A+
Pin It

Entrada da Sedam derrubada. Foto: G1

Cerca de 200 camponeses, incluindo mulheres e crianças, se revoltaram, invadiram e ameaçaram incendiar uma base da Secretária de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam) no município de Guajará-Mirim, Rondônia, no dia 22 de janeiro, segundo noticiado pelo monopólio de imprensa G1. O povo exigia o fim da perseguição do órgão que, segundo eles, estão utilizando-se da fiscalização para apreender motos e pertence das famílias. Nenhum manifestante foi preso.

Durante a invasão, os policiais militares que faziam a segurança da base foram rendidos pelos camponeses, que estavam armados com revólveres e coquetéis molotov. Segundo os mesmos policiais, haviam também pessoas em pontos na floresta ao redor da base vigiando qualquer aproximação no entorno durante a revolta, demonstrando certo nível de organização do povo. Além da derrubada da cerca da base e da rendição dos policiais, pneus de viaturas foram também furados durante o protesto.

Segundo o monopólio de imprensa, uma comunidade de camponeses posseiros foi a protagonista da revolta. Eles estão sendo criminalizados por viverem e tirarem seu sustento numa chamada “região de proteção ambiental”.

Como temos denunciado faz alguns meses, os órgãos ambientais em Rondônia e outros estados do Brasil, em particular na região da Amazônia, têm agido contra os posseiros, pequenos e médios proprietários de terras a favor do latifúndio, principal responsável pela destruição dos ecossistemas brasileiros. Exemplo disso é a recente campanha de intimidação feita por Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO) no acampamento Boa Esperança, na floresta Bom Futuro, que tem sido levada desde o fim de 2018 com perseguições, invasão de domicílios e ameaças de morte.

Edição impressa

A imprensa democrática e popular depende do seu apoio

Leia, divulgue e conheça. Deixe seu nome e e-mail para se manter informado
Please wait

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja