Colômbia: Protesto rechaça guerra de agressão do USA na Venezuela

Diante da evidente agressão imperialista ianque e ameaças de intervenção militar das tropas ianques no solo venezuelano, organizações revolucionárias realizaram um protesto para 7 de fevereiro em frente à Embaixada do USA na cidade de Bogotá, na Colômbia.

Estiveram presentes no ato organizações revolucionárias e democráticas que levantaram as consignas de Diante da agressão imperialista, chamamos o povo para resistir e contra a guerra de agressão imperialista.

O jornal democrático colombiano El Comunero ressaltou em reportagem que “as organizações deixaram claro que não se trata de negar a crise política, econômica e social, que é um fato na Venezuela, e tampouco é uma defesa do governo oportunista e antipovo de Maduro – representante da fração burocrática da grande burguesia que governa o país e oprime as massas há 19 anos –, mas sim, é um chamado para a resistência e oposição àinvasão imperialista ianque”.

Os manifestantes levantaram cartazes que denunciavam a “ajuda humanitária” apenas como desculpa da superpotência imperialista USA para intervir militarmente no país e continuar com a política de saqueio e dominação do USA, apenas mudando a condição da Venezuela, de semicolônia – arena de disputa entre vários imperialistas – para colônia – de dominação exclusiva do USA.

Os revolucionários, segundo El Comuneroconvocaram o povo a se unir contra o imperialismo, as classe dominantes do próprio país e as classes dominantes da Venezuela. No final do protesto, as massas ativistas bloquearam a avenida Eldorado, umas das principais avenidas de Bogotá,queimando ali uma bandeira do USA com o grito de Fora Yankees.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin