Índia: EGPL executa dois informantes da polícia

A- A A+

Foto ilustrativa

Nesta primeira semana de maio, o Exército Guerrilheiro Popular de Libertação (EGPL), dirigido pelo Partido Comunista da Índia (Maoista), executou dois homens que trabalhavam para a polícia como informantes. A primeira ação ocorreu na aldeia Mardhur, em Bhamragarh Taluka, no distrito de Gadchiroli, estado de Maharashtra.

Os maoistas prenderam um homem durante à noite, enquanto acontecia um casamento no local. Após a realização de um tribunal popular, ele foi declarado culpado por espionagem e, em seguida, executado.

A segunda ação ocorreu na aldeia de Lavhari, que fica a cerca de 10 km da aldeia de Purada, no distrito de Gondia. Na ocasião, 150 guerrilheiros prenderam e executaram a outra pessoa também condenada por espionagem.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira