Estudantes e professores da UFMG se mobilizam contra os ataques de Bolsonaro

A- A A+

Faixa do Movimento Classista dos Trabalhadores em Educação (Moclate) durante protesto de estudantes da UFMG

Em todo o país o povo está se mobilizando contra os ataques promovidos pelo governo Bolsonaro – tutelado pelo Alto Comando das Forças Armadas. Em Minas Gerais não tem sido diferente e essa semana importantes manifestações ocorreram na UFMG.

Manifestação dos estudantes na Avenida Antônio Carlos

Estudantes de diversos cursos realizaram assembleias em suas unidades denunciando os cortes de verbas previstos para a educação e convocando todos a somarem forças contra os ataques à universidade, principalmente os ataques à ciência e ao pensamento cientifico.

Destacamos nessas mobilizações a assembleia geral dos estudantes, realizada na tarde de quinta, 9 de maio, com a presença de mais de mil estudantes na praça da reitoria. A assembleia geral referendou as decisões tomadas pelos estudantes de todas nas unidades, contando com o apoio dos professores e funcionários da UFMG - Campus Pampulha.

As intervenções feitas pelos estudantes destacaram a necessidade da unidade entre professores e estudantes em defesa da universidade pública e gratuita e da ciência a serviço do povo. Também foi feita a defesa da necessidade da construção da Greve Geral que una todo o povo e não apenas o setor da educação, para barrar os ataques à universidade, à Previdência e exigir a revogação das leis trabalhistas, que o governo Bolsonaro e seus apaniguados do Congresso Nacional estão perpetrando contra o povo brasileiro.

Em todas assembleias foram aprovados, quase por unanimidade, a paralisação no dia 15 de maio.

Assembleia dos estudantes na praça em frete à reitoria

No final da assembleia, foi aprovada também uma manifestação passando por toda a avenida principal do Campus Pampulha da UFMG até a Avenida Antônio Carlos, que ocorreu com muito entusiasmo e combatividade dos estudantes. Eles fizeram ecoar muitas palavras de ordem defendendo a universidade e atacando  as medidas antipovo desse governo reacionário. 

Assembleia de professores aprova paralisação no dia 15 de maio

PROFESSORES

Na manhã do dia 09 de maio, os professores da UFMG realizaram uma assembleia geral extraordinária para debaterem sobre a situação na educação e prepararem a mobilização contra os ataques à educação e à universidade pública. Todas as intervenções denunciavam a política de cortes do governo, que visa acabar com as universidades públicas, além do bloqueio das bolsas para mestrado e doutorado, CNPQ e Capes, reforçando a necessidade da construção da Greve Geral proposta para o dia 15, que foi aprovado pela assembleia por unanimidade.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza