AM: Estudantes realizam atos contra cortes de verbas

A- A A+

Foto: Daisy Melo

Na manhã do dia 15 de maio, diversos estudantes do campus Manaus da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) realizaram um combativo ato em defesa da universidade pública. O ato iniciou por volta das 6h da manhã em frente a UFAM na Avenida Rodrigo Otávio, um dos principais acessos a Zona Franca de Manaus.

Por volta das 8h, após breve interrupção da chuva, um grupo de estudantes bloqueou um dos lados da Av. Rodrigo Otávio durante 5 minutos e posteriormente liberaram. Mesmo sob forte chuva, aos poucos o número de estudantes e professores aumentou. Por conta do grande trânsito no horário, o congestionamento da região se agravou. Cerca de 20 minutos depois o outro lado da avenida também foi bloqueado.

Após 40 minutos de bloqueios parciais, os estudantes, de maneira independente, decidiram interditar um dos lados da avenida. Nesse momento, a PM tentou impedir a interdição, porém sem sucesso. Posteriormente, alguns professores e dirigentes da União Nacional do Estudantes (UNE/UJS/UJC), no carro som também, orientaram os estudantes a não interditar a via e apenas manter o bloqueio a cada 15 minutos.

De maneira combativa, os estudantes ignoraram a intervenção da PM e as orientações da UNE/UJS/UJC, sendo que os demais professores e técnicos em educação realizaram a interdição definitiva de um dos lados da avenida. Segurando vários cartazes e entoando palavras de ordem - como: "Ô Bolsonaro, seu fanfarrão, eu vou pra rua defender a educação" e "Não vai ter corte, vai ter luta" -, os estudantes denunciaram as precárias condições da UFAM e como o corte de cerca de R$ 38 milhões, segundo dados da Reitoria, irá promover o avanço do sucateamento e precarização da universidade em geral, assim como dos projetos de pesquisa, extensão e da já precária assistência estudantil.

Foto: Reprodução

Por volta das 9h a chuva se intensificou. Mesmo assim, os estudantes realizaram uma passeata interditando completamente um dos lados da Av. Rodrigo Otávio em direção a rotatória do Coroado, retornando pelo outro lado da Av. Rodrigo Otávio até o Mini Campus da UFAM. De acordo com alguns professores, um ato desse tamanho não era realizado desde 2013, período em que a juventude combatente saiu as ruas também exigindo melhorias na educação e contra os grandes eventos do imperialismo.

Vários estudantes se mostraram insatisfeitos com a posição dos dirigentes da UNE, de alguns professores e de alguns técnico-administrativos que, mesmo diante da vontade e disposição da massa, tentavam a todo momento orientar os estudantes para não interditar a avenida. Nesse momento nem mesmo a PM realizava esse trabalho. Com o avanço da chuva e grande quantidade de estudantes, poucas viaturas permaneceram no local. Durante o início do ato estavam presentes cerca de 15 viaturas, sendo a maioria da Força Tática, fato que demonstra claramente uma tentativa de intimidação dos estudantes, que foi frustrada.

A estudante do 5° período do curso de enfermagem da Ufam, Flavia Beatriz, denuncia que esse corte atinge toda a universidade, principalmente os campi do interior do Amazonas, além de precarizar ainda mais a produção cientifica. "Decidi participar, porque sou contra o corte de verbas para a universidade. Faço parte de projetos de pesquisa e extensão e sei o quanto isso nos afeta. Não só aqui na capital, mas também nos interiores. Vale lembrar que as universidades públicas respondem por mais de 95% da produção científica no Brasil".

 Nos demais municípios do Amazonas os estudantes, professores e demais trabalhadores também realizaram atos, sendo alguns deles em conjunto com as demais instituições de ensino superior.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja