30M: Milhares vão às ruas de Goiânia; bandeiras do USA e Israel são queimadas

A- A A+

Manifestantes queimam bandeiras do USA e de Israel

No dia 30 de maio, a cidade de Goiânia deu demonstração de sua força para a Greve Geral. Mais de 20 mil pessoas se concentraram na Praça Universitária no final da tarde e marcharam para o centro da cidade. O ato reuniu professores, funcionários e estudantes da UFG, Institutos Federais, além de estudantes secundaristas de outras escolas, trabalhadores da educação de Goiânia e de Aparecida de Goiânia.

As palavras de ordem mais ouvidas foram: Tem dinheiro pra milícia, mas não tem pra educação!, Não vai ter corte, vai ter luta!, Trabalhador, preste atenção, Bolsonaro só governa pro patrão! e Ou para essa reforma ou paramos o Brasil!.

Um bloco de estudantes e trabalhadores de organizações classistas marchou com faixas e distribuiu milhares de panfletos conclamando a Greve Geral. Os manifestantes levaram novamente vários cartazes e outras criações artísticas em defesa da universidade.

Na Avenida Goiás, os estudantes atearam fogo em bandeiras do USA e Israel aos gritos de Fora ianques da América Latina! e Juventude palestina, sua luta continua na América Latina!.

A ação teve como intenção denunciar e repudiar a submissão de Bolsonaro e seus lacaios ao imperialismo ianque e ao sionismo. Enquanto as bandeiras ardiam em chamas, as bandeira da palestina tremulava bem alto, como demonstração de apoio e internacionalismo proletário para com o heroico povo palestino. Todos os presentes saudaram o ato simbólico.

Em seguida, outro grupo de estudantes próximo queimou um boneco representando Bolsonaro.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza