Além de São Paulo, metroviários de BH e Recife decidem aderir à Greve Geral

A- A A+
Pin It

Foto: Sindicato dos Metroviários de São Paulo

Dias após a aprovação da participação dos metroviários de São Paulo na Greve Geral de 14 de junho, na última segunda-feira, 10, durante uma assembleia no Sindicato dos Empregados em Transportes Metroviários e Conexos de Minas Gerais (Sindmetro-MG), os mineiros também decidiram pela integração na Greve contra a "reforma" da Previdência do governo de generais de Bolsonaro. 

Na convocatória da Assembleia do dia 10, o sindicato lançou uma nota explicando os motivos de sua realização, a qual reproduzimos abaixo.

"Independente do candidato que você escolheu, o seu voto não foi pelo fim da sua aposentadoria. Agora, sem dialogar com a população, o governo quer aprovar uma reforma da Previdência que não acaba com privilégios e desigualdades, mas acaba com o direito de milhões de brasileiros se aposentarem, especialmente os mais pobres.

O discurso de que Previdência está quebrada, como repete o governo e a mídia, é uma mentira. O relatório aprovado por unanimidade pela CPI do Senado, realizada em 2017 comprovou que a Previdência é superavitária.

O problema é a gestão dos recursos, a sonegação e as dívidas de muitas empresas. Nos últimos 4 anos, os patrões descontaram R$ 125 milhões dos trabalhadores e não repassaram para o INSS. A dívida das empresas com a Previdência já soma R$ 450 bilhões. Só em 2017 o Brasil deixou de arrecadar R$ 354 bilhões em renúncias fiscais.

Além disso, o governo aplica a Desvinculação das Receitas da União (DRU), que desvia todo mês 30% dos recursos da Previdência para outras áreas.

O objetivo é atender os interesses dos banqueiros e dos patrões, que reduzirão seus custos, ampliarão lucros e seguirão no caminho da destruição total dos direitos, iniciado com a terceirização e a reforma trabalhista."

Recife

Já na capital pernambucana, os metroviários também realizaram Assembleia na noite do dia 10 e deliberaram pela adesão à Greve Geral de 14/06. A assembleia ocorreu na Praça da Greve,  localizada na Estação Recife.

Segundo o Sindicato dos Metroviários de Pernambuco, no Recife a greve de 24 horas inicia à meia noite da quinta para a sexta-feira.

Metroviários de Recide aderem à Greve Geral de 14 de junho. Foto: Sindicato dos Metroviários de Pernambuco

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond
Sebastião Rodrigues
Vera Malaguti Batista

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja