USA defende anexação ilegal da Cisjordânia por Israel: ‘Ter botas no terreno não é contrário à paz’

A- A A+

Foto: Reprodução

Um dos assentamentos coloniais de Israel no território sitiado da Cisjordânia, onde passa o rio Jordão, essencial para o abastecimento de água de famílias palestinas (Uriel Sinai/Getty)

O embaixador do USA em Israel, David Friedman, deu um passo além em suas alegações a favor do Estado de Israel no dia 08/06, ao afirmar ao monopólio de imprensa New York Times que “Israel tem o direito de manter” sob ocupação “parte da Cisjordânia”, sem especificar quais partes da Cisjordânia teriam o direito de serem anexadas e por que motivos.

Friedman é conhecidamente um aberto apoiador do sionismo e defensor da ocupação colonial que o Estado de Israel mantém sobre territórios palestinos, porém sua afirmação contraria uma resolução da própria ONU de 2016, aprovada durante o governo do genocida Barack Obama, que considerou os assentamentos israelenses na região uma “flagrante violação” da lei internacional e corroborando para a defesa de que a Cisjordânia pertenceria aos palestinos.

Além disso, em sua entrevista, Friedman afirmou também que Israel controlar militarmente o território “não deveria ser um impedimento” para a paz. Segundo ele, “ter botas no terreno não é contrário à paz”. Após ser questionado quanto à existência de um plano para a criação de um Estado Palestino, ele retrucou: “O que é um estado?”.

As declarações de Friedman dão continuidade a um movimento de expansão da colonização israelense sobre a Cisjordânia já descrito pelo primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. Antes das eleições do país, em 09/04, Netanyahu prometeu como parte de sua campanha política anexar oficialmente os territórios ocupados por Israel.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza