Camponês assassinado por pistoleiros no agreste pernambucano

A- A A+

Foto: Ellan Lustosa / A Nova Democracia

O camponês e ativista do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) Aluciano Ferreira dos Santos, de 41 anos, foi covardemente assassinado no município de Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco. O assassinato ocorreu quando Aluciano se dirigia à rádio comunitária local, onde participaria de um programa, quando foi abordado por paramilitares armados.

Aluciano e mais três ativistas foram presos em 2009, em conflito na Fazenda Jabuticaba, que resultou na morte de quatro pistoleiros que invadiram o acampamento com o objetivo de cometer chacina. Ele e os outros ficaram nove anos na prisão, até março de 2018, quando o judiciário os submeteu ao júri popular e os inocentou, soltando-os imediatamente.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja