Brasil é um dos dez piores países para o trabalhador, atesta relatório

A- A A+

O Brasil é um dos dez piores países do mundo para ser um trabalhador no ano de 2019, segundo o ranking do Global Rights Index (Índice de Direitos Globais, em tradução livre). O relatório, produzido pela própria Confederação Sindical Internacional (CSI), levou em conta o nível de repressão violenta a greves, dificuldades para acessar leis de trabalho, ameaças e intimidações na atividade laboral e sindical e adoção de leis regressivas.

Os países que dividem com o Brasil a lista são: Zimbábue, Bangladesh, Argélia, Guatemala, Cazaquistão, Arábia Saudita, Turquia, Colômbia e Filipinas. São analisadas as situações em mais de 145 países utilizando-se de 97 indicadores, numa classificação de um a cinco.

Segundo a avaliação, o Brasil recebeu a pior pontuação no que respeita a garantia de direitos para os trabalhadores, junto com outros países como Eritreia e outros.

"Os governos estão tentando silenciar a era da raiva ao restringir a liberdade de expressão e de reunião", afirmou a secretária geral da CSI, Sharan Burrow. Ela disse ainda que em 72% dos países os trabalhadores sofreram restrições também para acessar à justiça, como é o caso do Brasil com a "reforma trabalhista" aprovada por Temer e pelo Congresso de corruptos.

“O trabalho decente está sendo afetado e os direitos estão sendo negados pelas empresas, evitando regras e regulamentos", disse Burrow.

Os dados são atestados pela própria CSI, que produziu o relatório. Tal entidade é vinculada com as Federações Sindicais Globais e com o Comitê Consultivo Sindical da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), grupos e instituições controladas pelo imperialismo.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja