Sudão: Exército atira novamente em manifestantes; sete foram mortos e 200 feridos

A- A A+

Novamente as forças repressivas do Sudão atiraram contra manifestantes desarmados em protesto contra a junta militar que governa o país. O protesto, ocorrido em Cartum, no dia 30 de junho, contou com milhares de pessoas que exigiam a imediata saída dos militares.

Os protestos foram convocados pela Associação de Profissionais Sudaneses (APS) e são os maiores desde o dia 3 de junho, quando o Exército massacrou centenas de pessoas que acampavam em frente ao Palácio Presidencial.

As massas de manifestantes se concentraram em três bairros de Cartum: Bari, Arkaweit e Al Mamura. A polícia usou gás lacrimogêneo para reprimir os manifestantes que gritavam palavras de ordem como “Liberdade” e “Paz”. No Leste do país, na cidade de Gadaref, também houve protestos e repressão.

Leia também: Exército sudanês massacra mais de 100 pessoas no início de junho

Antes do protesto, na noite do dia 29, membros das Forças Especiais do Exército invadiram a sede da oposição e prenderam o porta-voz da APS. A junta militar ainda tem bloqueado a internet no país, pois é uma importante ferramenta de convocação para os protestos.

A junta militar que governa desde o dia 11 de abril, após a queda do ex-presidente Omar Al-Bashir, conta com o apoio da Arábia Saudita, Egito e Emirados Árabes Unidos. O golpe que a instaurou é resultado de uma aguda luta no seio das classes dominantes locais por decidir quais grupos de poder tomarão a hegemonia do aparelho de Estado.

Foto: Banco de dados/AND

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja