Bolsonaro indica o próprio filho para ser diplomata no USA

A- A A+

Lambe-botas de Donald Trump, Eduardo Bolsonaro posa com boné de seu ídolo. Foto: Reprodução

Eduardo Bolsonaro, filho do atual presidente e representante de sua linha extrema-direitista, pode ser indicado a embaixador brasileiro no USA. O anúncio foi feito por Jair Bolsonaro em declaração pública no dia 11 de julho.

A declaração causou indignação entre a diplomacia e a opinião pública em geral. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, afirmou que tal caso trata-se de nepotismo (quando uma autoridade utiliza-se do poder para favorecer parentes).

Eduardo completou 35 anos justamente no dia do anúncio; a idade mínima para ser nomeado diplomata, por sua vez, é justamente 35 anos. O fascista-pai, Jair Bolsonaro, afirmou que "isso já estava no radar", referindo-se à nomeação do filho para diplomata em Washington, e disse ainda que a atitude é natural.

Leia também: Pressão dos generais faz STF adiar julgamento de Luiz Inácio

Não é de hoje as polêmicas envolvendo Eduardo. Em outubro de 2018, ele afirmou, em uma palestra realizada em Cascavel (PR), que se o STF impugnasse a candidatura de seu pai à presidência eles "pagariam para ver", emendando: "Será que eles vão ter essa força mesmo? O pessoal até brinca lá, cara: 'se quiser fechar o STF, você sabe o que você faz? Você não manda nem um jipe. Manda um soldado e um cabo'".

Tudo indica que o objetivo de Bolsonaro, ademais de nepotismo, é colocar alguém comprometido com seu projeto em contato próximo com o imperialismo ianque, visando conquistar e ampliar o apoio a seu golpe fascista.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza