Índia: Em nova ação, comunistas executam policial acusado de pistolagem

A- A A+

No dia 13 de agosto, um policial que mantinha relações com latifundiários foi executado provavelmente por guerrilheiros do Exército Guerrilheiro Popular de Libertação (EGPL), dirigido pelo Partido Comunista da Índia (Maoista). A ação aconteceu no distrito de Udham Singh Nagar, estado de Uttarakhand.

Segundo as “autoridades” que investigam o caso, o homem estava em um restaurante numa estrada do distrito quando três combatentes chegaram em motocicletas e o executaram. A suspeita é que o policial trabalhasse como pistoleiro, dada a sua relação próxima com latifundiários locais.

Nenhum comunicado explicando as razões da execução foi emitido pelos maoistas.

Combatentes do Exército Guerrilheiro Popular de Libertação (EGPL). Foto ilustrativa

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja