Israel lança múltiplos ataques aéreos contra grupos ligados ao Irã

A- A A+

Drone do Exército israelense. Foto: Amir Cohen/Reuters

Nos dias 24, 25 e 26 de agosto foram registrados diversos flagrantes e ataques de drones e caças israelenses no Líbano, na Síria e no Iraque, ao que o governo sionista afirma que os alvos foram selecionados por serem “forças aliadas do Irã”. Ataques aéreos como esses, de Israel contra países árabes, foram raros nos anos recentes.

O facínora primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, tentou justificar suas agressões com a declaração de que a intenção dos ataques era de “prevenir ataques do Irã” contra o Estado de Israel. É sabido, no entanto, que Israel é o principal aliado do USA e um dos mais acirrados rivais do Irã na região do Oriente Médio. Além disso, Netanyahu demarcou bem clara sua posição ao proferir diversas ameaças nos últimos meses como, por exemplo, de que seus aviões “podem chegar a todos os lugares do Oriente Médio, incluindo o Irã e, certamente, a Síria”.

Ataques no Líbano

No dia 25, um avião não tripulado do aparato bélico das Forças Armadas de Israel caiu em um bairro de periferia ao sul de Beirute, capital libanesa, atingindo o prédio onde ficava um dos centros de comunicação do Hezbollah. Em seguida, outro drone explodiu no ar e caiu próximo ao primeiro. Ambos tombaram em território controlado pelo Hezbollah, o que foi entendido tanto pelo grupo quanto pelo governo libanês como uma declaração de guerra e uma violação flagrante da soberania da nação.

O líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah, afirmou que os drones estavam em uma “missão suicida” cuja intenção era a de caírem e explodirem, e que revidará os ataques e derrubará qualquer drone israelense que violar o espaço aéreo do Líbano. 

Depois, na manhã do dia 26, jatos do Exército de Israel realizaram três ataques aéreos seguidos contra uma base palestina localizada na aldeia de Qusaya, no leste do Líbano, próximo à fronteira com a Síria. Segundo a Agência Nacional de Notícias do Líbano, a base atacada pertence à Frente Popular de Libertação da Palestina - Comando Geral (FPLP-CG), aliada do Hezbollah.

Bombardeios na Síria

No dia 24 ocorreu o primeiro ataque do Exército de Israel contra grupos armados apoiados pelo Irã, na Síria. Um avião bombardeou alvos em Aqrabah, perto da capital Damasco, identificados pelas Forças de Defesa israelense como milícias xiitas ligadas ao Irã, a Quds Force, chefiada pelo major-general Qassem Soleimani. 

No entanto, o Hezbollah anunciou que o alvo era, na realidade, uma de suas bases, e que dois de seus combatentes foram mortos como resultado da ação. 

Iraque

Também no dia 25, no mesmo dia em que aconteceram os ataques a drone em Beirute, foram relatadas ofensivas na área de fronteira entre o Iraque e a Síria contra o grupo paramilitar Hashd al-Shaabi, também conhecido como Força de Mobilização Popular do Iraque (FMP), apoiada pelo Irã, na cidade de al-Qaim

O FMP acusou Israel de ter perpetrado um ataque utilizando dois drones, que atingiram um depósito de armas e levaram à morte um de seus combatentes, além de ferir outro gravemente. Os representantes do FMP foram recebidos pelo presidente iraquiano, Barham Salih, e pelo primeiro-ministro para discutir a situação provocada pelas recentes incursões do Exército sionista e suas violações à soberania iraquiana. 

Mais tarde, na segunda-feira, a FMP declarou ter avistado outro drone sobrevoando uma de suas bases na província de Nínive, no norte do país, e que teria sido abatido com armamento antiaéreo.

Destroços causados por ataque israelense na fronteira do Iraque com a Síria. Foto: Hashd al-Shaabi Media/AFP

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja