Denúncia: Comitê de Apoio ao Jornal A Nova Democracia tem a sede arrombada em Belo Horizonte

A- A A+

Homens flagrados antes do arrombamento da sede do Comitê de Apoio ao Jornal A Nova Democracia

O Comitê de Apoio ao Jornal A Nova Democracia de Belo Horizonte, que funciona na Rua Tamoios, nº 900, sala 7, na área central da capital, teve a porta de sua sede arrebentada e a sala revirada, no último dia 15 de setembro. Um comerciante vizinho denunciou o ocorrido para a polícia, que foi até o local e verificou a veracidade da denúncia.

Como no domingo o local fica fechado, o policial deixou avisado que estaria a espera do responsável na 3ª Delegacia de Polícia, situada no edifício JK, na Rua Dos Guajajaras, nº 1353, loja 21, bairro de Lourdes, e que só haveria a perícia na segunda-feira, dia 16 de setembro. Nós, do Comitê, estivemos com o perito na segunda e este disse que provavelmente o assalto teria sido feito por “usuários de drogas”. Comparecemos à delegacia com advogado e pegamos o Boletim de Ocorrência para tomarmos providências futuras e denunciar os fatos.

Não é a primeira vez que ocorreu fato desse tipo contra a sede do Comitê de Apoio ao Jornal AND. Da primeira vez arrombaram a sala e furtaram o computador, deixando outros equipamentos e utensílios intactos. Depois, o mesmo local foi alvo de um atentado a fogo. Inicialmente, pensamos que teria sido causado por um curto-circuito, porém, no momento, estamos com imagens que nos mostram nitidamente a ação criminosa de um indivíduo (veja o vídeo).

Agora, no novo episódio de arrombamento da porta e a sala toda revirada, o criminoso levou uma quantia de R$200,00 à R$300,00 que estava em caixa, mais uma vez deixando para trás objetos de mais valor, como dois smartphones e um projetor de vídeo da marca Sony.

Esses casos nos levam a crer que todos os três fatos estão ligados e que se trata de uma tentativa de nos intimidar, já que o Comitê de Apoio ao Jornal A Nova Democracia é formado por apoiadores que realizam propagandas e debates para fortalecer a imprensa popular e democrática na região. Por isso, o Comitê tem conseguido um bom número de apoiadores, graças a sua correta análise da situação política do país e no mundo, bem como sua clareza em mostrar a contradição entre os grupos de poder desse velho Estado burguês-latifundiário, serviçal do imperialismo, principalmente ianque. Nesses últimos meses, também tem denunciado a disputa interna no governo entre a extrema-direita de Bolsonaro e a direita hegemônica do Alto Comando das Forças Armadas (ACFA).

Diante do ambiente em que o governo, junto a toda reação, se lança para arrasar com os direitos do povo, duramente conquistados, atacando os mais elementares direitos dos trabalhadores de se organizarem e lutarem em sua defesa; em que forças fascistas se desbocam em ameaças às liberdades democráticas apregoando a reedição do regime militar pró-imperialismo ianque, antipovo e vende-pátria, denunciamos e rechaçamos essas ações criminosas contra a sede do Comitê de Apoio ao A Nova Democracia. Ações criminosas que atentam contra o direito e liberdade de manifestação e organização. Deixamos patente nossa posição de que tentativas de intimidação não nos impedirão de seguir com nossas atividades comprometidas com a luta por uma verdadeira e nova democracia em nosso País.

Exigimos a apuração e responsabilização dos autores dessas ações criminosas!

Conclamamos todas e todos os democratas, lutadores classistas e combativos para denunciar e rechaçar essas ações criminosas e a fortalecer o apoio à imprensa popular!

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza