Pedro Pomar: 106 anos do nascimento do grande dirigente comunista brasileiro

A- A A+

No último dia 23 de setembro, o movimento revolucionário brasileiro celebrou os 106 anos de nascimento do grande dirigente comunista Pedro Ventura Felipe de Araújo Pomar. 

Nascido em 1913, em Óbidos, no estado do Pará, Pedro Pomar ingressou em 1932 no Partido Comunista do Brasil (1932), estando em suas fileiras na ocasião do Grande Levante Popular de 1935. Participou do processo de reconstrução de 1962, quando o partido passou a usar a sigla PCdoB e, nos anos seguintes, dirigiu a heroica Guerrilha do Araguaia. Foi assassinado pelo regime militar fascista em 1976 no episódio que ficou conhecido como a 'Chacina da Lapa', em São Paulo. Após este episódio, a direção do PCdoB foi usurpada por revisionistas como João Amazonas, o que o transformou em um partido revisionista e mais uma sigla do Partido Único das classes dominantes.

Segundo artigo do professor Fausto Arruda publicado na edição nº 58 de AND

"Hoje, mais do que nunca, tem significado excepcional homenagear os grandes e verdadeiros revolucionários brasileiros [como Pedro Pomar]. Ademais da necessidade e importância de merecidas homenagens, é exemplar e de uma atualidade sem par celebrar aqueles de trajetória marcada até o fim pela firmeza ideológica, pela política de princípios, pela retidão moral e inteireza revolucionária em dias que o oportunismo, a pusilanimidade e desfaçatez, o cinismo e a baixeza moral sagraram-se como premissas da prática política oficial. A figura e trajetória de um Pedro Pomar emerge radiante e luminosa frente a esse pântano de oportunismo em que uma falsa esquerda renegada dos mais caros princípios da teoria, ideologia, política e ética do proletariado se desempenha como gerenciamento de turno do velho Estado reacionário da grande burguesia, dos latifundiários e do imperialismo."


Como forma de homenagear este grande revolucionário brasileiro divulgaremos abaixo alguns dos artigos já publicados pelo jornal A Nova Democracia sobre sua trajetória:

Viva Pedro Pomar!

Viva Pedro Pomar, o grande dirigente comunista brasileiro!

Pedro Pomar, fortaleza ideológica

Pelo caminho de Pedro Pomar

Salve o grande dirigente comunista Pedro Pomar

A posição de Pedro Pomar

Cartaz confeccionado pelo AND em 2013, quando do centenário do nascimento de Pedro Pomar

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza