RJ: Vídeo mostra PM atirando e agredindo pessoas no enterro de jovem morto no Para-Pedro

A- A A+

Foto: Reprodução

Um vídeo que circula em redes sociais mostra um policial militar disparando tiro de fuzil e chutando pessoas que participavam do sepultamento do jovem moto-taxista Kelvin Gomes Cavalcanti, assassinado durante uma operação da PM no dia 10 de outubro quando esperava para cortar o cabelo, na comunidade Para-Pedro, zona norte do Rio.

No dia 11 de outubro, o jovem de 17 anos foi enterrado no cemitério de Irajá, também na zona norte. Centenas de pessoas compareceram ao velório, entre eles, familiares, amigos e moradores da comunidade. Todos afirmam que o tiro que matou o rapaz partiu da Polícia Militar. Por conta disso, várias palavras de ordem exigindo justiça e denunciando os crimes da PM foram entoadas durante o cortejo fúnebre.

Leia também: RJ: Povo levanta barricadas contra execução de jovem pela PM no Para-Pedro

Os moradores, revoltados pelo assassinato de mais um jovem nas favelas do Rio, fizeram uma manifestação em frente ao cemitério, ocasião em que o PM, visivelmente exaltado, efetuou o disparo e a agressão.

Diante de mais este crime flagrante, a Polícia Militar informou apenas que o agente foi afastado e passará por avaliação psicológica, numa clara postura conivente com esta ilegalidade.

Durante o enterro, a mãe do jovem, Isabel Gomes, afirmou: “Meu filho não merecia, mas essa é a ordem do governador, entrar e matar sem perguntar quem é”, denunciou.

Outro jovem também foi baleado, Lucas Souza, que estava na barbearia. Ele era amigo de Kelvin e tem 19 anos. O rapaz está internado e seu estado é estável. Ele levou um tiro no peito e no braço. A bala atravessou seu corpo e, segundo afirmou sua mãe, Claudia Elizabeth Amaral, essa foi a sorte do rapaz.

O tio de Lucas, Valdemir Menezes, concedeu uma entrevista à imprensa com a camisa do sobrinho ensanguentada em suas mãos e denunciou: “Como é que pode uma pessoa sair para cortar o cabelo e, de repente, ser alvejada por dois tiros? Esse tiro poderia ser para a morte, nós estamos cansados disso. Não aguentamos mais", protestou.


 Kelvin Gomes e Lucas Souza 

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: anovademocracia@gmail.com

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ellan Lustosa
Mário Lúcio de Paula
Patrick Granja