Pobreza: Metade dos brasileiros vive com R$ 413 mensais, aponta pesquisa

A- A A+

Na última semana, a imprensa brasileira divulgou dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) apontando que, em 2018, a metade mais pobre da população - quase 104 milhões de pessoas - vivia com míseros R$ 413 por mês. A pesquisa foi iniciada em 2012 e divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Do outro lado, o 1% mais rico - apenas 2,1 milhões de pessoas - tinha renda média de R$ 16.297 por pessoa. Assim sendo, essa pequena parcela ganhava 34 vezes mais que a metade da população.

Os dados do Pnad Contínua apontam ainda que 10,4 milhões de pessoas (5% da população) sobrevivem com miseráveis R$ 51 mensais, e, se considerados os 30% mais pobres - 60,4 milhões de pessoas - a renda média per capita subia a apenas R$ 269.

A pesquisa releva também que a renda domiciliar dos 5% mais pobres caiu 3,8% de 2017 para 2018; e a renda da parcela mais rica (1%) cresceu 8,2%.

Todas estas informações, anunciadas pela imprensa como "recorde de desigualdade", são a prova concreta de que a miséria não acabou no Brasil, como o governo do PT alardeava, e a situação tende a piorar no atual cenário de inúmeros cortes de direitos dos mais pobres por parte do governo de Bolsonaro e dos generais, como a "reforma" da Previdência etc.

Foto: Sergio Lima

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira