Ato em apoio à luta pela terra no Maranhão acontecerá na UERJ, no dia 24/10

A- A A+

Reproduzimos convite enviado à Redação de AND do evento que acontecerá na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), campus Maracanã, no próximo dia 24 de outubro (quinta-feira), às 18h30. Eventos semelhantes ocorrerão na UFMG (dia 21/10) e na USP (dia 23/10) como parte da campanha nacional pela liberdade dos presos políticos do governador Flávio Dino/PCdoB.


"Ato em apoio ao movimento camponês, indígena e quilombola da Baixada Maranhense que vêm sendo atacados pelos latifundiários locais e pelo governo ao seu serviço.

A Baixada Maranhense abrange uma área formada por grandes planícies que se alagam na estação das chuvas e formam ilhas com grande capacidade para o desenvolvimento da economia camponesa comunitária. São aproximadamente 1.000.000 de camponeses, índios e quilombolas que vivem e tiram seu sustento da região.Tanta riqueza em terras públicas viraram alvo da sanha de latifundiários e imperialistas que passaram a atacar e expulsar a população da região, cercando grandes quantidades de terras públicas, tal prática é proibida pela constituição do Maranhão e arruína a pequena economia comunal que vive da pesca nos alagados e do extrativismo e de pequenos plantios nas ilhas.

Leia também: Movimentos populares lançam Campanha Nacional de Liberdade aos Presos Políticos do Governador Flávio Dino/PCdoB!

Em particular denunciamos o ataque mais recente, com as prisões preventivas dos cinco dirigentes camponeses: José Laudívio da Silva Diniz, Edilson da Silva Diniz, Emilde Cardoso Diniz, Antônio Carlos Silva Diniz e Joel Roque Martins Dutra realizadas na madrugada do dia 13/09 numa ação truculenta e ilegal (sem mandado e com carro sem identificação).

O ato público organizado pela ABRAPO (Associação Brasileira de Advogados do Povo), contará com a presença e apresentação de uma delegação do movimento Fóruns e Redes da Cidadania do Maranhão, principal organização de resistência dos camponeses, indígenas e quilombolas da região."

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza