MG: Cinco anos do assassinato do dirigente camponês Cleomar Rodrigues

A- A A+


Camponeses vivem, trabalham e resistem na Área Revolucionária Cleomar Rodrigues, em Pedras de Maria da Cruz (MG). 

Adaptação de trechos de texto publicado na edição nº 179 do jornal A Nova Democracia.

No dia 22 de outubro de 2019 completa-se cinco anos do assassinato do dirigente da LCP, Cleomar Rodrigues de Almeida. Cleomar foi covarde e brutalmente assassinado na entrada da Área Unidos com Deus Venceremos — onde trabalhava e vivia com 35 famílias, desde 2008 —, no município de Pedras de Maria da Cruz (MG), em uma emboscada feita por pistoleiros e policiais a mando dos latifundiários, sendo fuzilado por disparos de armas de grosso calibre.

Assim como outras lideranças camponesas, Cleomar foi constantemente perseguido e ameaçado de morte, entretanto, não se afugentou da luta. Como dirigente revolucionário que era, cumpriu um importante papel de mobilizar, politizar e organizar os seus companheiros e companheiras camponeses. Foi um ardoroso defensor do sagrado direito à terra e da necessidade de uma Revolução no país, uma Revolução de Nova Democracia ininterrupta ao Socialismo, que se inicia com a Revolução Agrária tomando todas as terras do latifúndio e distribuindo-as para os camponeses.

Leia também: USA: Cleomar Rodrigues e a luta revolucionária no Brasil são homenageados

O dirigente camponês havia denunciado amplamente as ameaças de morte sofridas aos órgãos do velho Estado, principalmente Incra e Ouvidoria Agrária, mas como de práxis, ao invés de agirem a favor dos camponeses pobres, passaram a acobertar os crimes dos latifundiários e seus bandos pistoleiros, tudo isto sob a gerência oportunista de Lula/Dilma/PT.

Abaixo, compartilhamos links publicados pelo AND sobre a trajetória de Cleomar, homenagens e a luta por justiça pelo seu assassinato:

Vídeo - Combativa manifestação da LCP no Norte de Minas: "Cleomar Vive!"

Vídeo - MG: Cleomar Vive! Morte ao Latifúndio!

Dirigente camponês assassinado no Norte de Minas

Cleomar vive no fogo e na luta

Camponeses exigem punição para assassinos de Cleomar Rodrigues

Escola Popular Cleomar Rodrigues de Almeida

Assassinos de Cleomar estão livres! Farsa de “justiça” não durou nem um ano

Manifestações exigem punição para assassinos de Cleomar Rodrigues

Homenagens a Cleomar Rodrigues nos muros

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza