BA: População se rebela após morte de mulher em ação da PM de Rui Costa/PT

A- A A+

Foto: Betto Jr./Correio

No último dia 28 de outubro, uma jovem de 21 anos, identificada como Beatriz Santos Pereira, morreu durante uma ação da Polícia Militar (PM) no Conjunto Bosque das Bromélias, na Cia-Aeroporto, em Salvador, capital da Bahia. O monopólio da imprensa alegou que, no momento, havia em "confronto" entre policiais e delinquentes.

Beatriz estava dentro de casa e foi atingida no peito depois que a bala atravessou a porta e passou por sua mãe, Maria Eledilva, que ficou ferida de raspão no abdômen.

Leia também: BA: Jovem é baleado pela PM de Rui Costa/PT e povo protesta atravessando ônibus em pista

A jovem foi encaminhada para o hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, mas infelizmente não resistiu aos ferimentos e faleceu. Segundo Iuri Barreto, marido de Beatriz, em entrevista ao jornal Bahia Meio Dia, a filha do casal, de apenas 11 meses, por pouco não foi atingida.

Foto: Reprodução/TV Bahia

Testemunhas afirmam que a vítima e outros moradores buscavam água em um tanque externo ao prédio onde a jovem morava, quando foram abordados pelos militares. Em seguida, Beatriz voltou para casa temendo o tiroteio. Os policiais militares então atiraram para a casa da jovem acreditando que algum suspeito havia entrado no local.

"Eles chegaram perguntando por um traficante que estaria aqui também. Aqui é assim, a polícia já chega atirando", contou um morador ao jornal Correio.

Revoltada, a população local foi às ruas e ergueu barricada em chamas contra a morte de Beatriz. A polícia foi acionada e disparou inúmeras balas de borracha contra os moradores. 

Mesmo com toda truculência da polícia genocida de Rui Costa/PT, outros bloqueios da pista foram realizados durante o dia, inclusive com novas barricadas na BA-526.

Foto: Betto Jr./Correio

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira