Suécia: Maoistas impulsionam reconstituição do Partido Comunista

Dezenas de militantes comunistas suecos, durante uma Conferência de Unificação Maoista ocorrida no mês de novembro, aprovaram unanimamente impulsionar o processo de reconstituição do Partido Comunista da Suécia. No evento, noticiado pelo Kommunistiska Föreningen (Associação Comunista), os revolucionários levantam 15 princípios pelos quais devem-se guiar na reconstituição de um partido revolucionário do proletariado.

“Camaradas de diferentes partes do país [Suécia] realizaram recentemente uma única conferência. Foram realizadas discussões em grupo sobre um projeto de resolução. Os grupos propuseram o número de emendas ao projeto original votado. A conferência adotou por unanimidade a resolução”, afirmou a Associação.

A resolução inicia afirmando que “hoje não há Partido Comunista revolucionário na Suécia. Não há Partido Comunista vinculado à teoria revolucionária que começou com Marx, Engels e pela I Internacional, continuada com Lenin, Stalin, o Partido Bolchevique e a III Internacional e desenvolvida por Mao Tsetung e pelo Partido Comunista da China sob sua liderança, e prosseguida durante as guerras populares que estão acontecendo no mundo hoje na Índia, Peru, Turquia e Filipinas. Não há partido comunista ligado às tradições revolucionárias na Suécia”, assevera.

Os maoistas suecos propugnam que o Partido Comunista deve ser “um partido de quadros, composto por membros ativos”, e reconhecem que “sempre haverá contradições no Partido”. O grupo afirma também que “a luta de classes exigirá que o Partido seja constantemente capaz de discutir e desenvolver linhas de ação apropriadas”, o que significa que “o marxismo-leninismo-maoismo deve ser aplicado de maneira criadora às condições de hoje”.

Em um dos princípios adotados, os militantes maoistas afirmam que rejeitam “o caminho parlamentar pacífico para o socialismo”, e que “o aparato burguês deve ser esmagado por uma revolução armada e a ditadura do proletariado deve ser estabelecida”. Além disso, “o partido deve combinar métodos ilegais e legais o máximo possível para alcançar a máxima força de impacto” e para “proteger a grande maioria dos quadros do serviço de segurança do Estado burguês e dos fascistas”.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de Apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro

E-mail: [email protected]om
Reuniões semanais de apoiadores
todo sábado, às 9h30

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda (licenciado)
Victor Costa Bellizia (provisório)

Editor-chefe 
Victor Costa Bellizia

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão (In memoriam)
Henrique Júdice
Matheus Magioli Cossa
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação
Ana Lúcia Nunes
João Alves
Taís Souza
Gabriel Artur
Giovanna Maria
Victor Benjamin

Ilustração
Victor Benjamin