Índia: Dois policiais feridos por explosão de mina plantada pelo EGPL

A- A A+

Dois policiais ficaram gravemente feridos, no dia 8 de dezembro, após serem atingidos pela explosão de uma mina terrestre plantada pelos combatentes do Exército Guerrilheiro Popular de Libertação (EGPL), dirigido pelo Partido Comunista da Índia (Maoista).

Os soldados participavam de uma ação de proteção à farsa eleitoral, boicotada e sabotada ativamente pelos revolucionários e massas populares. A operação ocorria na colinas de Piyakulli, no distrito de Tamar, estado de Jharkhand.

Os dois militares feridos faziam parte do Batalhão do Comando de Ação Decidida (CoBRA) e da Força Policial da Reserva Central (FPRC).

Hoje a Índia vive uma guerra civil revolucionária de escala nacional, na qual os comunistas do PCI (Maoista) dirigem o EGPL. O objetivo de ações armadas dos militares revolucionários é expulsar os governos e as forças policiais e militares que sustentam o poder político das instituições, ao mesmo tempo que os revolucionários vão repartindo os latifúndios e expulsando mineradoras e outros monopólios para distribuir as terras aos camponeses e povos tribais.

Com tal política de Revolução Agrária, os revolucionários vão destruindo pouco a pouco a dominação das potências imperialistas sobre a Índia, vão elevando a qualidade de vida e o crescimento da economia nacional no interior do país e desenvolvendo uma nova política e nova cultura, expandindo, pouco a pouco, até conquistar a vitória da Revolução em todo o país.

Foto ilustrativa

Foto: Reprodução.

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Mário Lúcio de Paula
Jornalista Profissional
14332/MG

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Mário Lúcio de Paula
Matheus Magioli
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Mário Lúcio de Paula
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira