SP: UV-LJR faz panfletagem no bairro de Paraisópolis

A- A A+
Juventude organizada na Unidade Vermelha - Liga da Juventude Revolucionária panfleta em Paraisopólis, São Paulo. Dezembro de 2019.

Após a Polícia Militar de João Dória (PSDB) ter assassinado 9 jovens no bairro de Paraisópolis durante a realização de um baile funk, ativistas da Unidade Vermelha - Liga da Juventude Revolucionária (UV-LJR) realizaram uma exitosa panfletagem no dia 11 de dezembro, em denúncia a esse crime.

O panfleto distribuído à população continha, na íntegra, a nota de denúncia produzida pela organização contra o bárbaro crime.

Um dos trechos em destaque da nota afirmava:

"O que se tem em comum em todas essas revoltas citadas acima é a presença e o peso da juventude, principalmente das massas mais empobrecidas, que entra com toda sua energia na rebelião contra o velho Estado. Nós jovens estamos cada vez mais privados de acesso a lazer e cultura, sabemos que dentro das periferias tem pouco ou nenhum local para simplesmente conversar, fazer teatro, sarau, música ou praticar algum esporte. Ocupamos as ruas por conta disso, e quando fazemos isso, automaticamente somos alvos desse velho Estado! E se ficamos em casa somos alvo do mesmo jeito, vide o caso do jovem Lucas de Santo André que foi assassinado e jogado no rio pela polícia enquanto praticava o "terrível crime" de jogar videogame. Dentro dessas condições duras de vida que estamos vivendo, não existe outro caminho, senão se organizar (...)."

A população recebeu a panfletagem com grande entusiasmo, manifestando concordância com o conteúdo da nota e denunciando as mentiras propagadas pelo monopólio de imprensa e PM a respeito do caso. Criticaram a ação extremamente violenta da PM, que fez uso de bombas de gás, tiros de bala de borracha e torturas em becos sem saída.

Um dos moradores, ao receber o panfleto, associou os crimes da polícia aos recentes ataques contra os direitos do povo, como a "reforma" da previdência: "Enquanto os engravatados estão recebendo milhões, o povo aqui da favela continua morrendo e vivendo na miséria", declarou.


Juventude organizada na Unidade Vermelha - Liga da Juventude Revolucionária panfleta em Paraisopólis, São Paulo. Dezembro de 2019.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira