PE: Família camponesa é ameaçada por bando paramilitar; polícia se nega a registrar a denúncia

A- A A+

No dia 8 de janeiro, por volta das 11h30 da manhã, dez homens armados invadiram e destruíram o cercado do pequeno sítio de uma família camponesa localizado no município de Jaqueira, Zona da Mata Sul de Pernambuco. Além de afirmarem que da próxima vez voltariam para expulsá-los da casa, também disseram: “tomem cuidado com seus filhos”. Segundo a denúncia, o bando paramilitar foi contratado pela empresa Negócio Imobiliária S/A, arrendatária das terras da já desativada Usina Frei Caneca. 

Na área vivem há mais de 70 anos cerca de 1,2 mil famílias camponesas. As famílias relatam que desde a chegada da empresa, em 2017, com o intuito de expulsá-los da terra, bem como fazia a antiga suposta proprietária, promovem intimidações, destruições e queimadas de lavouras, destruição de fontes d'água, ameaças e perseguições, todas elas ações realizadas por policiais militares da reserva que também por diversas vezes fizeram rondas exibindo pistolas e algemas.

A dívida milionária da Usina chama a atenção. Segundo um vereador do município, José Ademir Rodrigues, a Usina Frei Caneca - com mais duas empresas da mesma família - possui uma dívida com as fazendas estadual e federal, que chegam ao montante de cerca de R$ 500 milhões, sem contar as mais de 124 execuções por não quitação de dívidas trabalhistas, o que a coloca entre os 100 maiores devedores da Justiça do Trabalho.

O descaso do velho Estado

Após o ocorrido, os camponeses seguiram à delegacia a fim de registrar uma queixa. Os servidores da delegacia perguntaram do que se tratava e informaram que não poderiam “parar” o que estavam fazendo para registrar o Boletim de Ocorrência, pedindo que retornassem às 14h. Ao retornarem, encontraram a delegacia fechada.

Atualmente existem cerca de 30 ações promovidas pelo latifúndio que visam expulsão de famílias das terras em que vivem. O caso já foi denunciado ao Ministério Público Estadual, ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), ao  Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco (Iterpe), à prefeitura de Jaqueira, à Câmara de Vereadores, à Diocese de Palmares e aos gerentes do velho Estado, porém nada é feito.

Comunidade camponesa mobilizada em setembro de 2019 devido ao conflito provocado por empresa imobiliária em Jaqueira (PE). Foto: Comissão Pastoral da Terra Nordeste 2

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira