DF: Luta contra o aumento da passagem prossegue em Brasília

A- A A+

Luta contra o aumento das passagens prossegue no DF. Foto: Apoiadores do AND

No dia 21 de janeiro, às 18 horas, ocorreu mais um ato, dessa vez concentrado na Praça do Relógio, em Taguatinga. Manifestantes percorreram vias próximas à praça, que é localizada no centro de Taguatinga, onde há uma estação de metrô. O fluxo de pessoas é altíssimo e as paradas de ônibus se encontram lotadas nos horários de pico. A manifestação reuniu, entre estudantes e trabalhadores, cerca de 150 pessoas.

Taguatinga é uma das Regiões Administrativas mais populosas do Distrito Federal DF, que abriga milhares de pessoas que dependem do transporte público para sua locomoção, para ter acesso ao trabalho, educação e lazer. Com o aumento, o governo Ibaneis Rocha (MDB) mantém o lucro dos empresários do setor cada vez mais crescente, sem verdadeiras melhorias para a população que utiliza esses serviços diariamente.

Inicialmente, a tarifa das linhas de R$2,50 passou para R$2,75, a de R$3,50 para R$3,85 e a de R$5,00 para R$5,50. Houve uma redução irrisória desse aumento nas linhas de ônibus, a mais cara passando a custar R$5,45, o que mantém um aumento significativo, como um verdadeiro assalto às contas do trabalhador.

O Comitê de Apoio ao AND no Distrito Federal distribuiu cerca de 100 exemplares do jornal ao longo dessa atividade.

Jornada de protestos

Na luta contra o aumento da tarifa de ônibus e metrô realizado inescrupulosamente pelo Governo do Distrito Federal, encabeçado por Ibaneis Rocha (MDB), foi realizada no dia 17 de janeiro, uma manifestação que reuniu novamente centenas de pessoas.

O ato, convocado pelo Movimento Passe Livre (MPL) do DF, se deu por uma marcha que começou às 17 horas na área do Jardim Burle-Marx (em frente à Torre de TV) e foi até a Rodoviária do Plano Piloto, em Brasília. A marcha novamente contou com diversos sindicatos, movimentos estudantis e grupos autônomos.

Durante o protesto, manifestantes queimaram um boneco representando o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB) e as empresas de ônibus que se beneficiam do aumento, além de gritarem palavras de ordem contrárias ao aumento de R$5,00 para R$5,50. Chegando à Rodoviária, foram realizadas atividades de panfletagem e agitação junto à população que utiliza o terminal de transporte no horário de pico.

Manifestantes queimaram e pisaram em cima de um boneco que representava o governador Ibaneis Rocha. Foto: Apoiadores do AND

MANIFESTANTES RECHAÇAM OPORTUNISMO ELEITOREIRO

Durante a conclusão das atividades de agitação e panfletagem na rodoviária, um grupo de ativistas ligados ao partido NOVO, juntamente à deputada distrital Júlia Lucy, surgiram na Rodoviária, infiltrados no ato.

Parte dos manifestantes se opôs ao levantamento de bandeiras por parte dos oportunistas do NOVO, que se ausentaram cercados pela Polícia Militar (PM), enquanto os manifestantes denunciavam o oportunismo eleitoreiro do NOVO e seu compromisso com os banqueiros e grandes empresários.

Novas atividades foram convocadas em diferentes regiões administrativas do Distrito Federal. O Comitê de Apoio ao AND no DF seguirá acompanhando a luta contra os aumentos abusivos nas tarifas de transporte.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza