RJ: Barbeiro está preso há 21 dias sem provas; denuncia família

A- A A+

O barbeiro Daniel Cristiano, de 25 anos, está preso há mais de 21 dias, no presídio Ary Franco, na zona norte do Rio. Segundo a família, o homem foi levado por policiais militares (PM), no dia 10 de janeiro, após uma operação da polícia na comunidade do Preventório, no bairro de Charitas, em Niterói, região metropolitana do Rio.

Segundo a família, Daniel foi levado no momento em que trabalhava como barbeiro no salão que alugou na mesma comunidade.

Ainda segundo os familiares, o rapaz estava com um saco de lixo na mão, quando foi pego pelos militares. Ele foi acusado de associação ao tráfico, afirmação que a família, amigos e clientes de Daniel negam veementemente.

O trabalhador passou por uma audiência de custódia, porém o pedido para responder o processo em liberdade foi negado pelo juiz, que alegou que Daniel representa um risco a sociedade, mesmo o rapaz tendo boa conduta social, domicílio fixo, não tendo antecedentes criminais, exercendo atividade lícita e remunerada, e com testemunhas do dia do fato, afirmando que o rapaz não estava realizando qualquer tipo de atividade ilícita.

Segundo a advogada Tânia Nascimento, o caso de Daniel se assemelha ao de outros jovens que moram em comunidades do Rio de Janeiro. Ela chegou a criar um termo para se referir este tipo de situação, dado a tamanha frequência com que este tipo de abuso é praticado tornando-se habitual. Segundo a advogada o caso de Daniel se enquadra no termo “Vepre”, em que a pessoa é vista, enquadrada e presa.

A comunidade do Preventório se comoveu com o caso, pois, segundo os moradores, a prisão é completamente injusta. 

No dia 29 de janeiro, dezenas de moradores da comunidade incluído a mãe do rapaz, foram até a penitenciária Ary Franco, onde Daniel está e realizaram um protesto com faixas e cartazes e exigiram a imediata liberdade do rapaz.

O barbeiro Daniel Cristiano, está preso há mais de 21 dias sem que haja nenhuma prova contra ele. Foto: Redes Sociais provas

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza