SP: PM agride mulher grávida no interior

A- A A+

Um policial militar agrediu uma mulher grávida durante uma ocorrência no bairro Santo Antônio, na cidade de São José do Rio Preto, no interior de SP. Ele pressionou seu joelho contra a barriga da jovem, de apenas 23 anos, e desata tapas fortes no rosto dela. A agressão ocorreu dia 4 de fevereiro.

A mulher, Isabela Sabino de Souza, havia informado ao militar que está grávida, mas isso não foi o suficiente para fazê-lo parar a agressão. Nem mesmo os protestos dos moradores ao redor constrangeram o agressor.

“Ela está grávida, moço. Libera ela. Para de pisar na barriga dela”, diz uma pessoa que acompanha a abordagem. O vídeo mostra ainda o agente segurando o pescoço da mulher. “Você está enforcando ela, ela tá ficando sem ar”, continua outra mulher que reclama da covardia.

Uma testemunha afirmou que a mulher foi contida porque ela estaria filmando uma abordagem a um jovem no bairro. O ato de filmar não infringe nenhuma lei.

Aumentam denúncias de abuso de autoridade contra policiais em SP

Ao longo de 2019, a Ouvidoria registrou 714 relatos de pessoas que se sentiram agredidas por policiais no estado. As denúncias de abuso de autoridade envolvendo policiais aumentaram no estado de São Paulo ao longo de 2019. De acordo com levantamento da Ouvidoria das polícias, foram registradas 714 ocorrências no período, contra 709 reclamações do ano anterior.
De acordo com o ouvidor Benedito Mariano, mais de 80% das denúncias envolvem policiais militares. “É um número muito alto, é a segunda queixa mais recorrente que recebemos”, diz.
O caso de abuso de autoridade mais recente, na zona sul, aconteceu no Capão Redondo. Um homem foi abordado por cinco policiais militares da Ronda Ostensiva com Apoio de Motos (Rocam), e agredido com socos e joelhadas. A justificativa para a agressão é que o homem circulava de moto sem capacete.

A imagem da agressão tem circulado na internet desde o dia 20 de janeiro. Ao perceber que estão sendo filmados, um dos policiais saca a arma e aponta para o autor do vídeo, que encerra a filmagem.

No dia 26/01, na zona leste, aconteceu outro caso de abuso: um policial militar atirou contra um homem que estava há dez metros de distância. Um vídeo, que também circula na internet, mostra o policial dizendo “amanhã vou preso, para mim tanto faz”. A vítima está internada, em estado grave, com a bala alojada a três centímetros do coração.

Momento em que PM agride mulher grávida. Foto: Redes Sociais

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira