AM: Moradores interditam avenida durante protesto em Manaus

A- A A+

Moradores de uma área conhecida como Igarapé dos 40, em Manaus, iniciaram uma manifestação por volta das 17h e bloquearam uma avenida no dia 11/03. Os manifestantes atearam fogo em pedaços de madeira na via do bairro Raiz, zona sul. A população desabrigada reivindica o pagamento de auxílio-aluguel que está atrasado há dois meses e também um bônus moradia de R$ 50 mil, que ainda não foi pago às famílias.

Uma manifestante, que preferiu não se identificar, contou que “os moradores da área do Igarapé dos 40 foram retirados do local após um alagamento em novembro de 2019 e, desde então, eles foram cadastrados na superintendência de Habitação do Amazonas (Suhab) para receberam auxilia aluguel e um bônus moradia”. No entanto, os atrasos são uma constante.

Descaso já dura dois anos 

Em maio de 2017, a mesma comunidade já havia realizado um protesto, com cerca de 200 pessoas, no mesmo local. Na ocasião, o grupo ateou fogo em pedaços de madeira e em um carro para cobrar o pagamento de auxílio-aluguel e do “S.O.S Enchente” aos afetados pela cheia na capital.

Tal como ocorre atualmente, naqueles idos os manifestantes exigiam o fim dos atrasos no repasse feito pela prefeitura, sob gestão do reacionário Artur Neto (PSDB). 

Na época, o segurança Raimundo da Silva, de 63 anos, morador da área, relatou: “Como as águas sobem a gente fica em risco não só pelas casas que ficam alagadas, mas também corremos risco de perder nossos pertences, além dos animais peçonhentos que vêm para as nossas casas", disse.

Com queixa de doenças e descaso por parte da prefeitura sob gestão de Arthur Virgílio (PSDB), o não pagamento do aluguel social é apenas um dos problemas que a população desabrigada  de Manaus sofre, em 23/06/2019 moradores denunciavam que o nível do Rio Negro havia excedido a cota máxima de 29,33 metros prevista para a cheia daquele ano, com isso, famílias que moravam as margens de igarapés, eram constantemente prejudicadas com a quantidade de lixo que vinha junto com as enchentes causada por falta de saneamento básico, a população já se via em situação de total abandono, e com a alta quantidade de pessoas com doenças de pele.

Moradores fecharam a via e colocaram fogo em pedaços de madeira. Foto: Redes Sociais

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira