BA: Familiares de presos protestam contra suspensão de visitas por conta do coronavírus

A- A A+

Familiares protestam contra a proibição de visitas. Foto: Cid Vaz/ TV Bahia

Familiares de presos que estão no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador, fizeram um protesto em frente à unidade prisional na manhã do dia 19 de março após a suspensão temporária de 15 dias de visitas em unidades prisionais do estado como medida de prevenção contra o novo coronavírus. 

A suspensão foi anunciada no dia 18/03, mas começou a valer no dia 19. Os familiares denunciam ainda que não estão permitindo que eles levem itens aos presos, como remédios e comida.

Com sacolas nas mãos e gritando palavras de protesto, a massa de familiares se aglomerou em frente ao Complexo Penitenciário e bloqueou o acesso de carros de funcionários que tentavam entrar no local. 

Situação nos estados

Até o momento, Distrito Federal, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Goiás, Amazonas, Roraima, Tocantins e Alagoas suspenderam as visitas no sistema prisional. Em Minas Gerais e Santa Catarina as visitas foram parcialmente suspensas. Mato Grosso, Sergipe, Maranhão, Pernambuco e Paraná elaboraram uma nota técnica com orientações sobre a doença. Paraíba, além da nota técnica, informou que fará triagens de visitas. São Paulo, Ceará, Piauí, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul também farão triagens. 

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, suspendeu as visitas aos presídios federais por 15 dias. Além disso, a decisão, divulgada no dia 16/03, inclui os atendimentos de advogados por cinco dias, com exceção para casos urgentes ou que envolvam prazos processuais não suspensos, e escoltas, salvo aquelas com requisições judiciais.

Detentos no refeitório do complexo penitenciário da Mata Escura. Foto: Glaúcio Dettmar/ Agência CNJ

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira