PE: Liderança camponesa é torturada e ameaçada de morte por policiais militares

A- A A+

No dia 12 de março, a liderança camponesa Maria Nasareth dos Santos, pescadora que trabalha nos  manguezais do Rio Sirinhaém em Pernambuco, sofreu um violento ataque e ameaças de morte de policiais militares.

Duas viaturas com oito policiais armados e três deles encapuzados, foram por volta das 6h30 ao local de trabalho de Maria e a arrastaram para dentro de uma barraca, onde a agrediram com tapas no rosto, amarraram suas mãos, taparam sua boca com um pedaço de pano e a sufocaram por cinco vezes com uma sacola plástica. O ataque durou cerca de 30 minutos e acabou com ameaças a vida da pescadora caso ela denunciasse. 

Nos dias anteriores a pescadora relata que os mesmos policiais rondavam a região e conversavam com funcionários da Usina Trapiche.

Luta de classes: camponeses versus donos da Usina de açúcar

Usina Trapiche foi responsável pela expulsão de pescadores artesanais e extrativistas costeiros marinhos entre as décadas de 1980-2010. Em 1975, a usina foi comprada pelo Grupo Brennand.

A grupo tem parceria com a Solar Coca-Cola, empresa de fabricação e distribuição de produtos da Coca-Cola. Em 2013 foi imposta uma medida para o cancelamento dos contratos de compra do açúcar da Trapiche devido aos conflitos territoriais.

O conflito que envolve a liderança Maria Nasareth é a defesa de uma unidade chamada Reserva Extrativista Federal (Resex), como a solução para reparar as violações históricas sofridas pela comunidade tradicional e para a preservação ambiental da área. O mangue onde trabalham diversos pescadores, pertencente à União, e atualmente é disputado pela Usina.

Liderança Maria Nasareth dos Santos, atacada por 8 policiais enquanto trabalhava.  Foto: CDHM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira