Vitoriosa celebração do 8 de Março na Unifesp!

A- A A+

O Grupo de Mulheres Remís Carla (GMRC/Unifesp), em conjunto com o CAPeD, realizou no dia 10 de março de 2020 às 18h, no Auditório da Unifesp, em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo, a celebração centenária e histórica do 8 de março, Dia Internacional da Mulher Proletária!

Esta atividade é fundamental não só na luta dos estudantes, mas de todos aqueles que brigam dia-a-dia por melhores condições onde estão inseridos, então, se aprofundar sobre a questão da opressão milenar contra a mulher e assim impulsionar essa luta!

Com mais de 40 estudantes presentes, foi realizada uma mesa onde duas participantes do Grupo Remís Carla aprofundaram a relação entre a teoria marxista e a questão feminina desde a origem e o histórico desta opressão milenar até a situação política e as lutas atuais acerca da emancipação da mulher e das relações de exploração existentes na sociedade de classes. Além disso, as companheiras expuseram o dia-a-dia das mulheres da Unifesp, principalmente as mães, que têm seu ensino dificultado, devido a ausência de uma creche, um direito básico, obrigando muitas vezes as mães e pais da universidade escolherem entre cuidar dos filhos ou se dedicarem aos estudos.  Apesar do cenário atual, cheio de debilidades dentro da universidade, ficou explícito que nós, estudantes, não podemos ficar a mercê do Ministério da Educação (MEC), já que este não tem o menor interesse de servir mães e pais. Como solução foi defendido o caminho combativo para conquistar esse direito básico, pois somente através da luta teremos nossos direitos conquistados!

A origem do nome do grupo de mulheres, expressou a integrante do grupo, foi uma homenagem a companheira, Remís Carla, que atuava com muito empenho na ExNEPe (Executiva Nacional dos Estudantes de Pedagogia) sustentando com decisão as bandeiras do classismo, da independência e da combatividade. Remís estava a frente da luta contra a opressão feminina e dedicou parte de sua vida para militar acerca das questões femininas, especialmente, atuando em apoio à luta camponesa, apoiou diretamente na construção de Escolas Populares e outras inúmeras atividades a serviço do povo.

A atividade foi encerrada em altíssimo nível, colocando a necessidade de todos, mulheres e homens, lutarem com todas as forças e se organizarem em Centros Acadêmicos (C.A), Diretório Central do Estudantes (DCE) e entidades, criadas através da luta dos estudantes por este direito, então, devemos participar dessas e outras organizações para impulsionar nossa luta, somente assim destruiremos tudo que nos massacra, com a certeza de que a nossa luta transforma!

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza