Caxemira: Resistência mata cinco militares da ocupação indiana durante operação

A- A A+

No dia 3 de maio um porta-voz indiano anunciou que quatro soldados do Exército indiano, entre eles o coronel de alta patente Ashutosh Sharma, e um sub-inspetor da polícia foram mortos em Handwara, no distrito de Kupwara, localizado no norte da Caxemira, durante uma troca de tiros com combatentes da Resistência que lutam contra a ocupação indiana. 

Segundo a agência de notícias Anadolu, o confronto teve início no dia anterior, quando o velho Estado indiano lançou uma operação conjunta entre o Exército e a polícia nas florestas de Rajwar, nessa região da Caxemira, para caçar membros da Resistência. 

Os combatentes caxemires se esconderam em uma casa em Handwara, onde teve início a troca de tiros com as forças da ocupação. Os combatentes conseguiram recuar para dentro da floresta quando reforços indianos chegaram, e escaparam, deixando um coronel, um major e dois soldados do batalhão de elite das Forças Para-Especiais 4 do Exército indiano mortos. 

A morte do coronel Sharma representa a primeira execução de um militar indiano de alta patente pelas forças da Resistência desde 2015, quando dois coronéis foram mortos em trocas de tiros com combatentes. 

Esse episódio de 2 de maio é também o segundo grande confronto entre a Resistência da região da Caxemira e de Jammu e militares da ocupação no distrito de Kupwara em 2020. O distrito fica na zona de fronteira entre a Índia e o Paquistão, que concentra grande parte dos conflitos.

 Soldados indianos na Caxemira. Foto: Hindustan Times

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza