BA: Massas de Feira de Santana se rebelam pelo direito ao transporte

A- A A+

Dezenas de pessoas de diferentes bairros da Zona Rural de Feira de Santana ocuparam por dois dias a frente da garagem da empresa de transporte rodoviário Rosa em protesto contra a precarização do transporte na região, dia 07 de maio.

De forma combativa e organizada, seguindo as recomendações do uso de mascaras, respeitando o distanciamento e disponibilizando álcool em gel aos participantes, a manifestação impediu a saída dos ônibus da empresa rodoviária Rosa, até então, responsável pelo transporte na região.

Tomaram parte da manifestação moradores de diversas comunidades, dentre elas Matinha (área quilombola) e Maria Quitéria que, com firmeza e decisão interromperam por dois dias a entrada e saída dos ônibus.

A principal denuncia feita pelos trabalhadores foi a substituição dos ônibus em circulação por vans, situação que piorou ainda mais as condições do já precário transporte da região. Além de favorecer a superlotação do transporte público em plena pandemia de Covid-19, uma vez que as vans contam com capacidade de transporte bem inferior a dos ônibus.

Os trabalhadores apontam ainda que a criminosa alteração no transporte ocorreu sem nenhum tipo de aviso ou consulta por parte dos órgãos responsáveis pela gestão dos transportes públicos ou pela própria empresa.

Na noite do 07/05 integrantes do Comitê de Apoio do Jornal A Nova Democracia de Feira de Santana visitaram a ocupação e realizaram uma brigada de propaganda junto aos trabalhadores na luta por direitos.

Massas leem o jornal A Nova Democracia na ocupação em frente a garagem bloqueada durante protesto. Foto: Comitê de Apoio do Jornal a Nova Democracia de Feira de Santana

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza