França: Milhares tomam capital em solidariedade à George Floyd e contra crimes da polícia francesa

A- A A+

Manifestantes tomaram as ruas de Paris em apoio às rebeliões no USA e para denunciar os crimes das polícias ianque e francesa

Demonstrando solidariedade com as revoltas populares que eclodiram no USA em repúdio ao assassinato do trabalhador negro George Floyd e em protesto contra a repressão cometida pela polícia francesa em bairros proletários, principalmente imigrantes, Paris foi tomada por milhares de manifestantes no dia 2 de junho. O massivo protesto também lembrou do assassinato de Adama Traoré, homem negro morto sob custódia policial quatro anos atrás.

Desafiando as leis contra manifestações em meio à pandemia impostas pelo Estado imperialista francês, cerca de 20 mil manifestantes se reuniram em frente ao Tribunal de Justiça, exigindo justiça por Adama Traoré.  

Manifestantes carregavam cartazes em apoio ao povo estadunidense e de denúncia contra as polícias ianque e francesa. 

Cerca de duas horas após o início da marcha, em resposta à repressão policial que lançou gás lacrimogêneo e balas de borracha contra o protesto, os manifestantes queimaram motos elétricas e materiais de construção, erguendo barricadas pelas ruas da capital francesa. Pedras e garrafas também foram arremessadas contra os agentes da repressão.

França: Centenas nas ruas contra impunidade

Manifestações similares também ocorreram nas cidades de Lyon, com cerca de 1.200 manifestantes, em Marseille, com 1.800 manifestantes e em Lille, com 2.500 manifestantes, onde também foram registrados confrontos com a polícia.

Manifestantes reunidos em Paris, na placa “Quem nos protege da polícia?”

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Rua Gal. Almério de Moura 302/4º andar
São Cristóvão - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também!

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Matheus Magioli Cossa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
José Ricardo Prieto
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Matheus Magioli Cossa
Ana Lúcia Nunes
Matheus Magioli
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira