USA: Temorosas, agências ianques espionam manifestantes

A- A A+

Durante a revolta popular que sacode o USA, nas cidades de San Antonio, Detroit, Mineápolis, Las Vegas, assim como na capital do país, Washington, DC, foram detectados diversas aeronaves, de porte pequeno, sobrevoando as cidades durante os protestos no início do mês de junho, espionando e identificando os manifestantes, com todas contendo, ao menos, dispositivo de câmera.

No dia 6 de junho, uma aeronave Cessna Citation sobrevoou mais uma vez a cidade de Washington, DC, capital do país. Aeronave que, segundo documentos do FBI, estava equipada com caixas DRT, utilizadas para coletar dados de localização de telefones celulares. 

Já no dia 2 e 3 de junho, um RC-26B sobrevoou Washington, DC por cerca de três horas, dando diversas voltas sobre a cidade. No dia 1º de junho, no norte da Virgínia, uma aeronave Cessna decolou em direção à cidade de Washington, DC, horas após a polícia reprimir manifestantes que tentaram invadir a Casa Branca.

As aeronaves voaram principalmente sob a área onde fica a Casa Branca, região extremamente restrita de voo, onde as naves foram controladas pela Força Nacional do Leste da Virgínia e o FBI. 

RC-26B Condor sobrevoando Washington DC, nos dias 2 e 3 de junho

Na cidade de Mineápolis, onde se desatou a revolta popular, um Predator B, drone geralmente utilizado pelo Exército ianque em suas guerras de agressão, da CBP (Alfândega e Proteção de Fronteiras, do inglês) foi detectado sobrevoando a cidade no dia 29 de maio, sob pedidos dos agentes federais da cidade, para filmar e monitorar os protestos. O mesmo tipo de drone também foi detectado sobrevoando as cidades de San Antonio e Detroit.

O drone é utilizado pela CBP desde 2005, nas fronteiras do USA, e de acordo com documentos da agência, a aeronave pode “gravar atividades suspeitas para uso probatório”.

Predator B, drone utilizado com frequência nas guerras de agressões ianques

Drone Predator B sobrevoando Minneapolis, no dia 29 de maio. Fonte: adsbexchange.com

No dia 2 e 3 de junho, também foi detectada uma aeronave RC-26B foi detectada sob a cidade de Las Vegas, Nevada, para monitorar os protestos que tomavam a cidade.

C-26B sobrevoando Las Vegas, nos dias 2 e 3 de junho. Fonte: adsbexchange.com

As naves são de controle dos aparatos do Estado burguês ianque, como o FBI (Do inglês, Departamento Federal de Investigação), DEA (do inglês, Administração de Fiscalização de Drogas) e a CBP (do inglês, Alfândega e Proteção de Fronteiras).  As aeronaves utilizadas foram identificadas como sendo as RC-26B que, de acordo com os documentos do exército ianque, são equipadas com dispositivos de imagens térmicas, e normalmente utilizadas em guerras de agressão pelo USA, já em território nacional, tal nave é operada geralmente pelo FBI e unidades da Força Nacional. Um Predator B, modelo de drone utilizado no assassinato do general iraniano Soleimani também foi utilizado, além de aviões como o Cessna Citation, também equipados com aparatos de guerra para reconhecer as massas em protesto.

RC-26B, aeronave de reconhecimento utilizada pelos ianques, tipicamente equipada com telescópios, gravadores de missões diurnas e dispositivos de vídeos térmicos FLIR

A espionagem aérea pode ser usada para identificar e rastrear indivíduos de várias maneiras e, devido as restrições em algumas áreas de voo, como em Washington, DC, o acesso ao público sob o uso ou não dessas aeronaves é limitado, mostrando o esforço do estado ianque em criminalizar a justa rebelião das massas, que já conta com mais de 10 mil manifestantes presos no país.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Victor Costa

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza