PR: Moradores interditam rodovia em protesto contra falta de luz

A- A A+

No dia 4 de julho, moradores interditaram a BR-277 em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, exigindo o restabelecimento da energia elétrica na região. Para expressar sua revolta, os moradores atearam fogo em objetos para bloquear a via que ficou com o tráfego interrompido entre 15h56 e 17h03.

Em outra via, manifestantes interditaram totalmente o km 5 da PR-407, em Pontal do Paraná.  Moradores também protestaram contra a falta de energia elétrica no local. A rodovia ficou interditada entre 13h34 e 14h48.

Moradores dizem que os protestos foram realizados porque desde o dia 30/06, quando houve o temporal com ventos fortes que causou estragos e deixou feridos em quase todo o Paraná, o local está sem energia. 

Entre as manifestantes estava a moradora Juliana Aparecida da Silva, de 40 anos, que tem uma filha pequena que necessita de cuidados especiais. “Eu tenho uma filha cadeirante e faz uso do aspirador, tanto que ela está sem aspirar por causa da falta de luz e tive de levá-la em uma vizinha para fazer o procedimento. Você liga na tomada e aspira as secreções da boca e o nariz dela, aqui na minha rua que é a Antônio Leandro de Sousa, os fios foram arrebentados, liguei para a Copel e avisei que estávamos sem luz. Eles responderam que averiguariam e viriam até aqui. Vem gente ver, mas sempre dizem que um caminhão precisa vir até o local para resolver, e nunca vêm. Só enrolam a gente e estamos indo para o quinto dia sem luz, e caminhão nenhum da Copel vem ver”, reclamou bastante indignada com tamanho descaso sofrido. 

Os moradores do protesto alegam que possuem protocolos de atendimento e que, por enquanto, não tiveram uma resposta exata da Copel. “Por isso fizemos o protesto hoje. Não é só minha filha, que é portadora de necessidades especiais, tem um outro rapaz na região que sofreu um acidente e precisa ser aspirado. O intuito é que a Copel resolva nossa situação e ligue nossa luz, pois dependemos dela e pagamos”, concluiu. 

Moradores atearam fogo em objetos e interditaram a BR-277, em São José dos Pinhais. Foto: Banco de Dados AND

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

LEIA TAMBÉM

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza