Festival do conhecimento/UFRJ: A mercantilização da saúde e suas repercussões sobre o ensino

A- A A+

Acontece hoje, sexta-feira, às 17h, o debate A mercantilização da saúde e suas repercussões sobre o ensino, como parte das atividades realizadas no Festival do Conhecimento, organizado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

"O painel temático discutirá a mercantilização da saúde a partir do próprio desenvolvimento da crise estrutural do capitalismo. Como o setor de saúde, que inclui as indústrias de medicamentos e equipamentos, se tornaram importantes para a tentativa do capital de sair da crise, criando incessantemente necessidades de saúde da população. E como os orçamentos públicos passam a ser cobiçados por grandes empresas de seguro de saúde e redes de hospitais e laboratórios provados, corrompendo os Estados para que eles passem a gestão da saúde pública para essas empresas. O crescimento exponencial dos custos para famílias e Estados é uma contradição da mercantilização que o sistema social atual tenta lidar deixando fora do atendimento milhões de pobres e explorando ainda mais os trabalhadores da saúde. Estudantes da área da saúde comentarão as distorções desse modelo sobre o ensino.", explica a professora Siliansky.

A mesa contará com a participação da professora Maria de Fátima Siliansky, médica sanitarista, professora adjunta da Faculdade de Medicina e do Instituto de Estudos de Saúde Coletiva da UFRJ e Presidente do Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos (Cebraspo). Além dos graduandos Lara Vitória (UFRJ) e Carlos Nascimento (Universidade Federal do Amazonas), com mediação de Rafael Caruso (IESC/UFRJ).

O painel temático acontecerá na sala de transmissão 13, e pode ser acessado no site www.festivaldoconhecimento.ufrj.br.

Ou através das plataformas digitais da UFRJ no facebook, youtube e Pró-reitoria de Extensão.

NÃO SAIA AINDA… O jornal A Nova Democracia, nos seus mais de 18 anos de existência, manteve sua independência inalterada, denunciando e desmascarando o governo reacionário de FHC, oportunista do PT e agora, mais do que nunca, fazendo-o em meio à instauração do governo militar de fato surgido do golpe militar em curso, que através de uma análise científica prevíamos desde 2017.

Em todo esse tempo lutamos e trouxemos às claras as entranhas e maquinações do velho Estado brasileiro e das suas classes dominantes lacaias do imperialismo, em particular a atuação vil do latifúndio em nosso país.

Nunca recebemos um centavo de bancos ou partidos eleitoreiros. Todo nosso financiamento sempre partiu do apoio de nossos leitores, colaboradores e entusiastas da imprensa popular e democrática. Nesse contexto em que as lutas populares tendem a tomar novas proporções é mais do que nunca necessário e decisivo o seu apoio.

Se você acredita na Revolução Brasileira, apoie a imprensa que a ela serve - Clique Aqui

Edição impressa

Endereços

Jornal A Nova Democracia
Editora Aimberê

Avenida Rio Branco 257, SL 1308 
Centro - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: (21) 2256-6303
E-mail: [email protected]

Comitê de apoio em Belo Horizonte
Rua Tamoios nº 900 sala 7
Tel.: (31) 3656-0850

Comitê de Apoio em São Paulo
Rua Silveira Martins 133 conj. 22 - Centro
Reuniões semanais de apoiadores
toda segunda-feira, às 18:45

Seja um apoiador você também:
https://www.catarse.me/apoieoand

Expediente

Diretor Geral 
Fausto Arruda

Editor-chefe 
Fausto Arruda

Conselho Editorial 
Alípio de Freitas (In memoriam)
Fausto Arruda
José Maria Galhasi de Oliveira
José Ramos Tinhorão 
Henrique Júdice
Hugo RC Souza
Matheus Magioli Cossa
Montezuma Cruz
Paulo Amaral 
Rosana Bond

Redação 
Ana Lúcia Nunes
Rodrigo Duarte Baptista
Vinícios Oliveira

Ilustração
Taís Souza